26-02-2019 JL Imprimir PDF     Print    Print

Aluna de Valado dos Frades vence concurso Juvenes Translatores

Ana Silva, de Valado dos Frades, aluna do Instituto Educativo do Juncal, em Porto de Mós, foi a vencedora portuguesa do concurso de tradução da Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia, Juvenes Translatores.

Ana Silva concorreu com 97 alunos de 21 escolas e venceu com uma tradução de inglês para português.
É a terceira vez que o Instituto Educativo do Juncal vence este concurso. Já em 2010, o prémio foi atribuído a João Marquês, e em 2017 a Beatriz Simões.
A nível europeu, participaram 751 escolas, num total de 3252 alunos. Os melhores jovens tradutores deste grupo (1 por Estado-Membro) proveniente dos 28 Estados-Membros viajarão a Bruxelas para receber o respetivo prémio e encontrar os tradutores profissionais da Comissão Europeia.
A Comissão Europeia anunciará, entretanto, o nome dos autores das melhores 28 traduções sobre o tema do Ano Europeu do Património Cultural do concurso anual Juvenes Translatores para alunos do ensino secundário.
Sobre os resultados do concurso, o Comissário Günther H. Oettinger, responsável pelo Orçamento, Recursos Humanos e Tradução, disse: “Estou impressionado pelas competências linguísticas destes jovens talentosos. A aprendizagem das línguas é essencial na sociedade moderna. As línguas abrem portas para mais oportunidades de emprego e ajudam as pessoas a entenderem melhor as culturas e posições dos outros. Gostava que todos os vencedores e participantes continuassem a explorar o seu interesse pelas línguas e espalhassem a sua paixão pelos idiomas à sua volta”.
A edição do concurso Juvenes Translatores realizou-se a 22 de novembro de 2018, e decorreu simultaneamente em todas as escolas participantes. Os alunos a concurso utilizaram 154 das 552 combinações linguísticas entre cada uma das 24 línguas oficiais da UE. Algumas das escolhas mais interessantes foram de português para neerlandês e de húngaro para finlandês.
Desde 2007 que a Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia organiza o concurso Juvenes Translatores (expressão latina para «jovens tradutores»). Ao longo dos seus 11 anos de existência, o concurso tem sido uma experiência que muda a vida de muitos dos participantes e vencedores. Por exemplo, após a sua visita a Bruxelas, a vencedora da Eslovénia na edição de 2010, Tina Zorko, decidiu estudar tradução na universidade e ingressou recentemente na Direção-Geral da Tradução da Comissão Europeia como tradutora a tempo inteiro.
Os contactos da vencedora italiana de 2016, Carolina Zanchi, com os tradutores da Comissão Europeia inspiraram-na a aprender mais sobre línguas aplicadas e prossegue agora os seus estudos em linguística patológica, na Alemanha.
O objetivo do concurso Juvenes Translatores é promover a aprendizagem das línguas nas escolas e permitir aos jovens experienciar o que é ser tradutor. O concurso está aberto a alunos do ensino secundário com 17 anos de idade e realiza-se ao mesmo tempo em todas as escolas selecionadas na União Europeia.
A tradução é parte integrante da UE desde a criação da Comunidade e foi o tema do primeiro regulamento de todos (Regulamento (CEE) n.º 1), adotado em 1958. Desde então, o número de línguas aumentou de 4 para 24, acompanhando os alargamentos da UE.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar