26-02-2020 Imprimir PDF     Print    Print

BE questiona risco de abatimento do pavimento da A8

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda dirigiu ao governo, através do Ministro das Infraestruturas e a Habitação, um conjunto de perguntas sobre o risco de abatimento do pavimento da A8, junto à Mina de Ribeiro Seco, nos concelhos de Alcobaça e Nazaré.

A mina de Ribeiro Seco já parcialmente explorada por duas pedreiras poderá expandir-se até uma área total de 67,6 hectares, caso a sua exploração venha a ser concessionada. 

Em novembro de 2019 a Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza alertou para o risco de abatimento do pavimento da A8 no troço de Valado dos Frades - Pataias que será atravessada pela área de concessão da mina.

A 10 de janeiro deste ano a empresa Theia identificou um abatimento do pavimento da A8 junto à mina de Ribeiro Seco, recorrendo a imagens de satélite que revelam "uma velocidade de abatimento do pavimento da auto-estrada e zona envolvente na ordem dos dois centímetros por ano”.

“O abatimento é particularmente preocupante se for tido em conta que o troço Valado dos Frades - Pataias é usado por centenas de milhares de utentes todos os anos”, manifestou o BE, que interrogou se o governo tem conhecimento da situação, se a Infraestruturas de Portugal realizou ações de inspeção ao pavimento da A8 no troço Valado dos Frades - Pataias junto à Mina do Ribeiro Seco e se o Governo confirma o abatimento do pavimento da A8 e que medidas pretende o governo tomar para salvaguardar a segurança em caso afirmativo.

Procura também saber se a exploração mineira de Ribeiro Seco tem condições para ser expandida.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar