30-01-2019 Cultura, Sociedade, Educação, Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

BREVES: Cultura

Lisboa, 30 jan (Lusa) - Notícias breves de Cultura:

 

Recital do pianista Tiago Mileu em Lisboa

 

O recital do pianista Tiago Mileu, na quinta-feira às 19:00, no Museu Nacional da Música, em Lisboa, é uma homenagem a Franz Schubert (1797-1828) no 222.° aniversário do seu nascimento.

O pianista, que em 2005 venceu o 1.º Prémio do Concurso Internacional para Jovens Pianistas de San Sebastian, em Espanha, vai interpretar “4 Impromptus” - D 899 e D 935 -, do compositor austríaco.

O pianista, por motivos de saúde, interrompeu a carreira de 2008 a 2016, tendo-se apresentado em 2017 no Museu José Malhoa, nas Caldas da Rainha, num recital em que tocou a integral dos noturnos de Chopin. Além de recitais, o pianista tem acompanhado os cantores Rita Marques, Carla Simões e Pedro Nunes.

O ano passado também no Museu da Música apresentou um recital em homenagem ao compositor António Fragoso (1897-1918).

 

 

Exposição “Vicente. O Mito em Lisboa” abre em fevereiro

 

A exposição “Vicente. O Mito em Lisboa”, que é inaugurada no sábado no Museu de Lisboa, aborda a atualidade do mito de S. Vicente.

Na exposição, coproduzida pelo Museu de Lisboa e pela Travessa da Ermida, “percorrem-se várias dimensões e linhas de investigação do mito vicentino através de diversos objetos e linguagens artísticas, obras de escultura, performance, instalação, pintura, vídeo, desenho, ilustração e texto, entre outros”, segundo nota do museu lisboeta.

O curador da exposição é Mário Caeiro e nela “referências dos séculos XV, XVI e XVII dialogam com obras e intervenções artísticas contemporâneas”, apresentadas ao longo dos últimos oito anos no projeto da Travessa da Ermida, ou criadas para esta exposição, de artistas como Xana, João Ribeiro, Miguel Januário, André Banha, Dominik Lejman, Simeon Nelson, Jana Matejkova, Régis Perray, Alessandro Lupi, Marta Soares, Isabel Baraona, entre outros.

Segundo a lenda, o corpo do mártir S. Vicente, enterrado no Algarve, foi mandado exumar pelo rei D. Afonso Henriques, após a conquista de Lisboa, em 1147, e transportado para Lisboa, tendo nessa viagem sido velado por dois corvos, representados na heráldica do município.

 

 

Programação do Palácio Foz inclui adaptação de auto de Gil Vicente

 

A programação do Palácio Foz, em Lisboa, prevê para segunda-feira a apresentação da peça “À Feira”, a partir dos autos da Feira e da Lusitânia, de Gil Vicente, pelo Aurpid Teatro, com encenação e adaptação livre de Mouzinho Arsénio.

No dia 11, a sala dos Espelhos é o cenário para um recital pelo Quarteto Lopes-Graça, com a soprano Natasa Sibalic, e o contrabaixista Alejandro Erlich Oliva, constituído por peças de Alejandro Erlich Oliva, Samuel Pascoal, Diego Kovadloff, Alberto Ginastera e Astor Piazzolla.

No dia 16, o Klar-Vier Duo, das pianistas Patrícia Ventura e Sónia Amaral, apresenta, num recital a quatro mãos, peças de Sofia Sousa Rocha, Fernando Lapa, Paulo Bastos, Arvo Pärt, Bach/Kurtág e György Ligeti; e a encerrar a programação, no dia 23, um recital de acordeão por Ivan Sverkom no âmbito do FoleFest, em que serão interpretadas peças de Petri Makkonen, Jouni Kaipainen, Domenico Scarlatti e Anatoly Kusjakov, entre outros.

No dia 16 de manhã está prevista uma visita guiada ao palácio com momentos encenados.

 

NL // TDI

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar