06-04-2021 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

Bombeiros salvam criança de incêndio que deixou apartamento inabitável

Uma família de sete pessoas teve de ser realojada após um incêndio ocorrido no passado domingo no quarto andar de um prédio na Rua José Filipe Neto Rebelo, nas Caldas da Rainha. Um menino de sete anos foi retirado do interior da habitação pelos bombeiros.

[+] Fotos
Bombeiros apagaram as chamas
Um menino de sete anos foi salvo neste domingo pelos bombeiros das Caldas da Rainha após um incêndio na casa onde residia. Foi levado para o hospital, por precaução, devido à inalação de fumo, o que aconteceu também com um tio, de 39 anos.
Uma vela acesa que tombou terá estado na origem do fogo e apesar da pronta resposta dos bombeiros, após o alerta, pelas 18h53, as chamas avançaram rapidamente.
As operações de socorro mobilizaram 14 operacionais e seis viaturas. Os soldados da paz retiraram o menino da habitação, onde moravam mais cinco pessoas, entre as quais dois bebés, de um e dois anos, que foram assistidas pelos bombeiros no local.
A casa ficou temporariamente inabitável e a Proteção Civil assegurou o alojamento e as principais refeições numa unidade hoteleira da cidade.
Foi entretanto divulgado um pedido de ajuda para a entrega de alguns produtos alimentares mais específicos para as crianças, assim como roupas e produtos de higiene para todos, uma vez que parte dos bens foi perdida neste incêndio, tendo havido diversas ofertas.
A onda solidária acabou por terminar, uma vez que a Unidade de Apoio Social da Câmara Municipal das Caldas da Rainha também já estava a prestar ajuda, envolvendo a sua rede de apoios.
A criança e o tio tiveram alta e regressaram para junto dos familiares, que procuram agora uma casa para viver, dado que o apartamento incendiado era arrendado e precisa de reparação.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar