20-11-2019 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

Buracos na estrada motivam críticas

O vereador socialista Jaime Neto solicitou a melhor atenção do executivo municipal e dos Serviços Municipalizados das Caldas da Rainha, no seguimento de obras de saneamento na Rua Vitorino Fróis, apontando a “grande quantidade de buracos que se observam a olho nu frente à Biblioteca Municipal, alguns com uma profundidade apreciável”.

Piso em mau estado na Rua Vitorino Fróis

O autarca sublinhou “a necessidade de serem revistos os materiais utilizados na reposição dos pavimentos rodoviários, nomeadamente quanto à sua aderência e durabilidade em sede do caderno de encargos da obra, na rubrica de tapamento de valas”, apelando também a uma “fiscalização mais atenta dos Serviços Municipalizados relativamente à qualidade dos materiais empregues neste tipo de obras, essenciais para assegurar o conforto e a segurança na mobilidade de todo o tipo de veículos”.

Jaime Neto voltou a reiterar a necessidade de implementação da proposta apresentada há mais de meio ano de se proceder ao arranjo urbanístico da Rua Fernando Ponte e Sousa, nomeadamente nas margens da linha ferroviária desde o viaduto superior junto aos Silos até à rotunda de acesso ao centro comercial La Vie, atendendo que a atual disposição “é disfuncional e desadequada”.

O socialista alertou para os problemas de escorrência e escoamento das águas pluviais naquela artéria, “atendendo à acumulação de água no pavimento após as primeiras chuvas”.

A necessidade “urgente” da implantação de um projecto de reabilitação urbana da Rua General Amílcar Mota, junto ao local onde se encontra implantado o monumento alusivo ao “16 de Março” e em frente à porta de armas do quartel da Escola de Sargentos do Exército, “atendendo à acumulação de água no pavimento com as primeiras chuvas e à necessidade de intervenção nos passeios, que se encontram muito degradados”.

Observou já ter referido este problema e apresentado uma proposta nesse sentido há mais de sete meses, mas que “nada foi feito até agora”, considerando que a Escola de Sargentos do Exército “é uma instituição que deve merecer o maior respeito da parte da Câmara Municipal, não sendo aceitável continuar a ter passeios em tão mau estado à volta do quartel, atendendo à mobilidade pedonal intensa observada naquela rua, nomeadamente dos militares e dos atletas de um ginásio situado nas proximidades, muitas vezes em corridas de treino, assim como dos estudantes da Escola Superior de Arte e Design”.

Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar