14-02-2020 JL Imprimir PDF     Print    Print

Câmara da Nazaré notifica Municípios de Santarém por causa da Colónia Balnear

A Associação de Municípios do Vale do Tejo foi notificada para a urgência de fazer uma vistoria à Colónia Balnear da Nazaré, e informada da possibilidade do município da Nazaré tomar posse administrativa do edifício degradado.

O jornal Mirante adiantou, na sua última edição, que “a associação proprietária da colónia, tem que mostrar urgentemente as obras exigidas pela Câmara da Nazaré, para preservar o edifício caso contrário a autarquia toma posse administrativa do imóvel degradado”.
Para além de medidas que inviabilizem o acesso de estranhos ao edifício, a autarquia da Nazaré exigiu que fossem colocadas caixilharias nos vãos e feita a reparação da cobertura do edifício, tendo estabelecido o prazo de 60 dias para a execução do solicitado. Os prazos dados passaram e nenhuma intervenção aparenta ter sido realizada.
A vistoria solicitada surge após uma visita da fiscalização do Município da Nazaré que não conseguiu verificar o cumprimento da totalidade das obras impostas.
O edifício da antiga colónia está devoluto há vários anos e tem sido alvo de vários atos de vandalismo, encontrando-se em elevado estado de degradação numa área próxima de habitações e comércio.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar