27-05-2021 PA Imprimir PDF     Print    Print

Casos de exploração de imigrantes na Nazaré e Alcobaça investigados pelo SEF

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) está a investigar dezoito casos associados ao auxílio à imigração ilegal, angariação de mão-de-obra ilegal e tráfico de pessoas em explorações agrícolas da região Oeste, desde 2017.

Foram instaurados, no total,18 inquéritos, estando a estão a decorrer quatro, cinco foram remetidos ao Ministério Público (MP) com proposta de acusação, quatro foram arquivados, um deu lugar a julgamento com condenação dos arguidos e quatro foram considerados inconclusivos, podendo vir a ser arquivados.

De acordo com a mesma informação citada pela agência Lusa, cinco dos inquéritos são em Torres Vedras, o concelho da região Oeste com maior número de casos, seguindo-se os concelhos de Alenquer (3), Lourinhã (2), Nazaré (2), Rio Maior (2), Alcobaça (1), Bombarral (1), Cadaval (1) e Caldas da Rainha (1).

Estes trabalhadores estrangeiros são angariados por empresas de cedência de trabalho temporário, fundadas e geridas por outros cidadãos estrangeiros, que os recrutam com a promessa de alojamento, alimentação, transporte, um bom salário e direito a horário de trabalho, subsídio de alimentação, folgas e férias no contrato de trabalho.

Na realidade, muitos destes imigrantes acabam por ser alojados em casas arrendadas pelos empregadores, nas proximidades das explorações agrícolas, sem as condições mínimas de higiene e salubridade, com sobrelotação.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar