02-03-2021 Imprimir PDF     Print    Print

Adega Cooperativa do Cadaval com vinhos premiados

No 7º Concurso de Vinhos do Crédito Agrícola e Associação dos Escanções de Portugal 2020, a Adega Cooperativa do Cadaval teve vinhos premiados.

Os vinhos da Adega Cooperativa têm sido distinguidos
Estiveram presentes 183 vinhos brancos, tintos e espumantes, colocados à prova por 109 produtores nacionais das várias regiões vitivinícolas do país.
A Adega Cooperativa do Cadaval obteve o Selo de Qualidade Prata no “Confraria” Arinto & Chardonnay Super Reserva Espumante Bruto IGP Lisboa Branco 2016, produzido a partir de castas Arinto e Chardonnay caraterizadas por dar origem a vinhos aromáticos estruturados e com elevada acidez fixa, espumante natural de cor citrina, espuma fina e persistente, aroma fino e frutado.
O mesmo aconteceu com o “Confraria“ Moscatel Colheita Selecionada VR Lisboa Branco Leve 2019, a partir da casta Moscatel-Graúdo, um vinho intenso, tipicamente frutado, que revela grande harmonia entre aroma e prova, e reflete as caraterísticas únicas da região produtora.
Destacou-se igualmente o “Confraria” Syrah VR Lisboa Tinto 2018, da casta Syrah, elaborado cuidadosamente a partir de uvas vindimadas no seu ponto de maturação, um vinho complexo equilibrado e aromático.
No ano passado, a Adega Cooperativa do Cadaval obteve o Selo de Qualidade Ouro no Concurso de Vinhos Escanções de Portugal, no “Vinho Regional Lisboa Arinto & Chardonnay 2019” e no “Vinho IG Lisboa Licoroso Moscatel – Graúdo 2018“.
A nível internacional, a Adega Cooperativa obteve a Medalha de Prata no Challenge Internacional du Vin 2020, com o“Confraria” V. Espumante Arinto & Chardonnay 2016.
Inaugurada em 1963, é uma cooperativa de produtores que presentemente conta com cerca de 1.500 associados no ativo. Inserida numa área de vinha de 800 hectares, dispõe de uma capacidade de vinificação anual de cerca de 5 milhões de litros, distribuídos 50% de vinhos brancos e 50% de vinhos tintos.
O solo e a topografia da região vitivinícola, assim como o clima, são os principais elementos aplicados na conceção de espumantes e vinhos brancos intensos, frescos e aromáticos de grande qualidade, assim como vinhos tintos, de caráter jovem e frutados, com uma natural aptidão da região para a produção de vinhos de teor alcoólico moderado, onde se destacam os vinhos brancos e rosés “leves“.
A Adega exporta cerca de 15% da sua produção para o Brasil, S. Tomé e Príncipe e Canadá.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar