10-05-2021 Carlos Augusto Nobre Imprimir PDF     Print    Print

Eleições no Montepio Rainha D. Leonor

Sou sócio do Montepio há 56 anos, aceitei fazer parte de uma lista candidata às eleições do Montepio, por se tratar de uma instituição mutualista de cariz social, que ao ser sócio lhes dá acesso a uma série de serviços de saúde com qualidade que não o podiam fazer no público, pela morosidade ou no privado, alguns, por falta de recursos.

Lembro-me bem de ter sido operado à apendicite com cinco anos e a minha família poder estar comigo no quarto, o que não era possível no hospital público.
O outro motivo que me levou a aceitar fazer parte da lista A foi o facto de serem pessoas sérias, idóneas, e do meu conhecimento pessoal há muitos anos. Não sobrepõem os interesses dos sócios a outros interesses sociais ou económicos (até porque não precisam de emprego nem as suas profissões eram do ramo da saúde para tirarem outro tipo de proveitos) aos quais não era capaz de dizer que não.
Mais ainda se tiver em conta o projeto em curso, com a criação de um novo hospital, apoiado por uma parceria que me parece vencedora para os direitos dos sócios, oferecendo uma panóplia de serviços médicos, tanto nesse hospital como noutros do grupo Sanfil. Benefícios que de outra forma não conseguiríamos, colocando o Montepio, em termos de saúde, no lugar que merece.
Com este grupo de pessoas, sabemos o que esperar da lista A, credibilidade, experiência e competência, na defesa do interesse dos sócios. Por este motivo, é tão importante votar na lista A no dia 14 de maio.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar