18-03-2020 Imprimir PDF     Print    Print

Limpeza de terrenos foi tema de ação de sensibilização

Entre os dias 27 e 28 de fevereiro foram dinamizadas no Bombarral três ações de sensibilização que tiveram como tema a obrigatoriedade de limpeza de terrenos, no âmbito da nova legislação relativa à gestão de combustíveis.

Iniciativa para esclarecer dúvidas da população
Dinamizada pelo Serviço Municipal de Proteção Civil / Gabinete Técnico Florestal, Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente da GNR e Bombeiros Voluntários do Bombarral, a iniciativa teve como principal objetivo esclarecer as dúvidas que a população possa ainda ter sobre esta temática.
A organização das várias sessões contou ainda com o envolvimento das juntas de freguesia do concelho.
Num primeiro momento, os Bombeiros Voluntários do Bombarral fizeram um breve enquadramento acerca dos incêndios rurais registados no concelho, recorrendo a alguns dados estatísticos.
Na apresentação elencaram ainda algumas daquelas que são as principais situações que podem levar à ocorrência de incêndios, como o abandono dos terrenos, a degradação dos caminhos de acesso, a falta de gestão de combustíveis nos espaços rurais, a falta de pontos de água ou ainda a desvalorização que é dada a estas situações pelo facto do concelho não ter um grande histórico em termos de incêndios rurais.
Seguiu-se a apresentação do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente da GNR, na qual se explicou mais pormenorizadamente como deve ser feita a limpeza dos terrenos, especificando, quem tem a responsabilidade de a fazer.
Falou-se ainda sobre as ações desenvolvidas pela GNR até ao final do prazo legal para a limpeza dos terrenos (15 de março), centradas na sensibilização da população, explicando de seguida os vários procedimentos que serão tomados após essa data.
Destacou-se ainda que além dos terrenos é igualmente importante efetuar a limpeza dos telhados e algerozes para evitar que algum material incandescente que lá se deposite possa provocar uma ignição.
No que diz respeito às edificações inseridas em espaços florestais, é obrigatória a limpeza de uma faixa mínima de 50 metros, medidos a partir da alvenaria exterior dos edifícios, sendo de 100 metros a faixa mínima de limpeza para terrenos contíguos a aglomerados populacionais, parques de campismo, parques industriais, plataformas de logística e aterros sanitários.
Nestas obrigações não estão incluídas as explorações agrícolas, jardins, espaços urbanos ou zonas rurais sem edificações, embora estes devam ser mantidos limpos para evitar ignições e a propagação rápida do fogo.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar