28-02-2019 Paulo Alexandre Imprimir PDF     Print    Print

Cutelarias de Santa Catarina e Benedita apresentam desafios e objetivos do cluster

Oito empresas da Região criaram a marca “Cutelarias de Santa Catarina e Benedita” em maio de 2018. Afirmar o seu posicionamento como principal cluster de cutelarias a nível nacional é o grande objetivo.

No âmbito desta associação empresarial informal, as cutelarias pretendem agora desenvolver e cimentar parcerias com entidades oficiais e centros de formação e de investigação com vista a partilhar dificuldades e promover objetivos e potencialidades.
No passado mês de janeiro, duas das principais empresas do setor das cutelarias, a IVO Cutelarias (Santa Catarina) e a ICEL (Benedita), deram-se a conhecer a representantes de diversas entidades, nomeadamente, as Câmaras de Alcobaça e das Caldas da Rainha, as juntas de freguesia de Benedita e Santa Catarina, o Instituto Politécnico de Leiria (presidente e diretores das 5 escolas do instituto), o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o CENFIM - Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, os diretores dos centros de investigação Sete Mares e CDRSP - Centro para o Desenvolvimento Rápido e Sustentável do Produto e a AIRO - Associação Empresarial Da Região Oeste. A visita culminou numa reunião de trabalho na sede da Junta de Freguesia da Benedita.
O cluster da cutelaria da Benedita e Santa Catarina é o quinto maior do setor a nível europeu.
Com índices de exportação a rondar os 80%, a cutelaria é um dos setores mais importantes dos concelhos de Alcobaça e Caldas da Rainha, que procura agora unir esforços e parcerias para uma valorização em termos de perceção pública do setor e um crescimento sustentado por forma a criar mais postos de trabalho. De acordo com dados da AIRO, o cluster regional da cutelaria representa 600 postos diretos e 400 indiretos.
O Presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, destaca “a importância de um cluster com dimensão mundial no contexto industrial da Benedita e do concelho de Alcobaça e que se quer apresentar à comunidade como uma opção válida em termos de carreira profissional. Esta aproximação às entidades oficiais e às escolas, como o IPL, é fundamental para a sustentabilidade desta indústria, quer a nível da formação de recursos humanos quer a nível da investigação tecnológica. O Município estará sempre disponível para apoiar as empresas que criam boas condições laborais no concelho e que projetam o seu bom nome a nível internacional.”
As próximas iniciativas irão passar pelo desenvolvimento de novos produtos em colaboração com a Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha e a realização de uma bienal do setor na região que irá contar com a presença de empresas internacionais.
A marca “Cutelarias de Santa Catarina e Benedita” reúne três empresas da Benedita – JERO, Sicoeste e ICEL – e cinco empresas de Santa Catarina – IVO Cutelarias, NICUL, CUREL, SOCUTEL e Lombo do Ferreiro.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar