07-08-2019 Imprimir PDF     Print    Print

Destroço do Roumania a descoberto na Foz

O cadaste da roda de popa, parte terminal da quilha do navio, que pertencerá ao Roumania, embarcação a vapor inglesa que naufragou na Foz do Arelho na madrugada de 28 de outubro de 1892, ficou mais visível na semana passada quando, devido à deriva litoral, este pedaço dos destroços do barco ficou ao alcance a pé de qualquer curioso.

Miguel Castro junto do pedaço do barco
O caldense Miguel Castro tem sido um dos entusiastas que se tem dedicado à pesquisa dos vestígios, juntamente com outro caldense, Pedro Ramalhete, em colaboração com arqueólogos, estudiosos e historiadores.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar