15-02-2020 José Lucas Imprimir PDF     Print    Print

E tudo o vírus levou…

1 – Materialismo - Allan Kardec, o codificador da Doutrina Espírita (que não é mais uma religião ou seita, mas sim uma filosofia de vida, espiritualista) identificou o grande “inimigo” da Humanidade: o “materialismo” e o desconhecimento que o Homem tem da sua condição de Espírito imortal. Urge, dizia ele em 1857, demonstrar à Humanidade a sua espiritualidade (hoje comprovada cientificamente, desde o aparecimento do Espiritismo).

José Lucas
2 – Egoísmo – Os Espíritos superiores referem, na obra de Kardec, que o egoísmo é a mãe de todos os defeitos que o Ser Humano possuí, e que erradicando-se o egoísmo, arranca-se a raiz de todos os males humanos.
3 – Capitalismo vs ditadura – Ignorante da sua condição de Espírito imortal, ignorante das Leis da Natureza (reencarnação, causa e efeito,. etc.), o Homem, numa simples vida de 80 anos, quer tudo para si, num capitalismo selvagem; esmaga outros seres humanos, em regimes ditatoriais, esquecendo-se que, mais logo, estará no mundo espiritual, perante a sua consciência, em dolorosos processos de auto-reajuste, sob a batuta do remorso e da culpa. Dizem os Espíritos superiores, na obra de Allan Kardec, que a medida da felicidade na Terra, no campo material é ter o essencial para viver com dignidade (casa, comida, trabalho); no campo moral é ter a consciência tranquila.
4 – Eutanásia vs aborto – Na sua infância espiritual o Homem quer brincar de Deus. Exibe leis que permitem matar despudoradamente (aborto, eutanásia), esquecendo-se que as leis dos Homens não conseguem sobrepor-se às leis de Deus (Leis da Natureza). Qualquer lei que vá contra uma lei natural provoca um desequilíbrio social, mundial, gerando consequências dolorosas que buscam o reequilíbrio agora perdido. Critica-se Hitler, por um lado, e “democraticamente” decide-se, nos parlamentos, que matar é “legal”.
5 – Guerra vs psicosfera – Na sua infantilidade espiritual, o Homem fomenta guerras de todo o tipo (das guerras mentais às guerras entre Estados, desde guerras interiores às guerras periféricas e mundiais), desconhecendo que, tudo aquilo que pensa gera uma onda mental e, uma consequente aura energética em seu redor. Os conjuntos de Homens geram conjuntos de auras, citadinas, de países, mundiais. Dizem os Espíritos superiores, que vista do espaço, a Terra parece envolta numa psicosfera (atmosfera psíquica) negra, pesada, proveniente das emanações mentais de ódio, de vingança, do orgulho, de egoísmo, das guerras, do capitalismo selvagem, da falta de ética e de moral social.
6 – Coronavírus (COVID-19) – De repente, apareceu no planeta Terra mais um vírus, denominado coronavírus COVID-19. Desconhece-se a sua causa e onde apareceu, bem como a sua dinâmica mutacional, os impactos sociais e mundiais que virá a ter. Apesar de toda a tecnologia do Homem, da sua capacidade de, em naves espaciais pesquisar o sistema solar, de ter uma base espacial internacional, dos inúmeros avanços científicos, bastou um simples vírus para provocar desencarnações (mortes) em massa, para paralisar cidades com milhões de habitantes, para parar toda a dinâmica social ao nível planetário, mais cedo ou mais tarde, como que a demonstrar o quanto o Homem é pequenino, na sua aparente “fortaleza”.
7 - E tudo o vírus levou – A doutrina espírita (ciência, filosofia, moral) investiga os factos espíritas (demonstrando a imortalidade do Homem), explica esses factos e aponta a moral que Jesus de Nazaré deixou à Humanidade, como o roteiro mais seguro para a sua espiritualidade, para a sua evolução intelectual e moral. Nesse sentido, o Espiritismo define-se como sendo uma doutrina filosófica de consequências morais, pois que o seu conhecimento, a sua vivência, acarretam consequências morais para a Humanidade.
Epílogo - Quando o Homem tiver esta consciência, de que é um ser imortal, de que a reencarnação é uma lei biológica e de que colhe na vida o que semeou antes (Lei de causa e efeito), deixará de haver racismo, porque o Homem saberá que pode reencarnar com qualquer cor de pele; deixará de haver xenofobia, porque o Homem saberá que pode reencarnar em qualquer país do planeta; deixará de haver as assimetrias sociais profundas, porque o Homem saberá que aquele mendigo de agora pode ter sido um primeiro-ministro de outrora, quiçá seu pai, irmão; deixarão de existir os conflitos sexuais, porque o Homem terá a consciência que pode reencarnar com a polaridade masculina ou feminina; deixará de haver o desrespeito pela Natureza, pois o Homem saberá que ao reencarnar, encontrará a Natureza tal como a deixou.
A solução encontra-se nas leis da Natureza, nas leis de Deus (ver “O Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec), no fazer ao próximo o que desejaríamos para nós mesmos, conforme ensinou o grande psicoterapeuta da Humanidade – Jesus de Nazaré.
Enquanto isso não acontecer, continuaremos a ser figurantes do filme de terror, em rodagem, no planeta Terra, intitulado “E tudo o vírus levou…” (o vírus do egoísmo, a causa de todos os males na Terra)…
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar