22-04-2021 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

Inovação no combate à pandemia

Empresa caldense lança no mercado película que protege qualquer espaço tocado

Uma empresa das Caldas da Rainha está a colocar no mercado uma película “antiviral e antibacteriana” que aponta ser um produto inovador desenvolvido para “rapidamente inativar vírus”, com áreas de aplicação infinitas, nomeadamente no “combate ao coronavírus”.

“Com este produto contribuímos ativamente para prevenir maiores disseminações de Covid-19”, afirma Hugo Frizado, diretor-geral da Datasafe, empresa de produtos de segurança e inviolabilidade que é a representante em Portugal deste material de tecnologia holandesa disponibilizado em películas transparentes de cobre e de prata (Promax Copper e Promax Silver) autocolantes e não-autocolantes que podem ser aplicadas para revestir e proteger superfícies como vidro, metal, plástico, madeira e outras tocadas por diferentes pessoas.
Existem também mangas retráteis que se adaptam a qualquer tipo de formato de maçaneta de portas.
“O intuito é reduzir ao máximo o risco de retransmissão, seja Covid-19 ou outros. Não há necessidade das películas serem desinfetadas, com um prazo de durabilidade de dez anos, o que faz com que o custo seja diluído no tempo e economiza porque não existe necessidade de recorrer à higienização dos espaços”, aponta o empresário.
Os campos de aplicação são qualquer superfície que seja tocada pelo público: balcões, maçanetas de portas, carrinhos de supermercado, botões de elevador, interruptores de luzes, caixas Multibanco, terminais de pagamento, ecrãs tactéis, entre outras.
Segundo a empresa, os testes “confirmam a eficácia da película, que tem uma taxa de sucesso elevada, anulando de forma eficaz a ação de 99,9% de vírus e bactérias – entre eles o da Covid-19 e as suas mais recentes estirpes”.
“A introdução no mercado desta película é o resultado de uma consciencialização para o período pandémico que estamos a atravessar e fruto de um trabalho constante relacionado com inovação dentro dos produtos de segurança, que constituem o ADN da empresa”, refere Hugo Frizado.
Como forma de “reconhecer o esforço dos profissionais de saúde”, a Datasafe entregou, entretanto, um donativo sob a forma de película autocolante e de manga retrátil ao Centro Hospitalar do Oeste, para serem aplicadas na sala de espera da urgência que está em renovação, “de modo a arrancar com cadeiras e mesas protegidas, e maçanetas das casas de banho e outras que sejam pertinentes salvaguardar, reduzindo substancialmente o risco de infeção em ambiente hospitalar”.
Elsa Baião, administradora da unidade de saúde, considerou a oferta “muito importante pelos benefícios que traz e pelo reconhecimento do trabalho que os profissionais de saúde têm vindo a desenvolver”.
“Os hospitais são locais de grande rotatividade de pessoas e nem sempre é possível com muita frequência higienizar os espaços de utilização comum e esta película, tendo capacidade anti-viral e anti-bacteriana, permite eliminar o risco de disseminação de infeções”, manifestou.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar