26-02-2013 JL Imprimir PDF     Print    Print

Filho de emigrantes do Valado é Ministro das Finanças de Ontário

O luso-descendente Charles Sousa, filho de pais valadenses, concelho da Nazaré, é o novo ministro das Finanças de Ontário, Canadá. O ministro, que tomou posse no passado dia 11 de fevereiro, em Queen’s Park, faz parte do Executivo liderado por Kathleen Wynne, atual dirigente do Partido Liberal do Ontário, e a primeira mulher a chefiar um Governo nesta província do Canadá.

O luso-canadiano foi deputado em Ontário. Entre 2010 e 2011 foi ministro do Trabalho, tendo assumido, nesse ano, funções de ministro Provincial da Cidadania e da Imigração, bem como de ministro responsável pelos XVII Jogos Pan-Americanos e pelos V Jogos Parapan-Americanos, que irão realizar em 2015, na província canadiana.

Sensível às dificuldades sentidas pelos portugueses na vontade de emigrar, Charles Sousa disse, à Lusa, que tem como compromisso “corrigir a situação”.

A política de Imigração canadiana é competência do governo federal, mas é a nível provincial que os governos definem programas e se confrontam com as dificuldades nos mercados laborais.

Segundo Charles Sousa, Ontário necessita de cerca de 130 mil imigrantes, adiantando, em entrevista à agência Lusa, que “o número de portugueses que vem para o Canadá e para o Ontário não tem sido grande”.

O ministro refere que há muitos portugueses a quererem emigrar para o Canadá, e muitas companhias canadianas a querer vir a Portugal para atrair pessoas.

O setor da construção é uma das áreas onde há já interesse efectivo, mas há outras como as “indústrias de automóveis, moldes e várias especialidades em Tecnologias da Informação que Portugal pode oferecer”, disse.

O Governo federal canadiano tem vindo a fixar critérios mais rigorosos para a admissão de imigrantes na classe de “trabalhadores qualificados”, tendo estipulado para 2013 a admissão de 55 mil pessoas.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar