02-04-2019 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

Defendida restrição automóvel na rua que circunda a mata

Os vereadores do Partido Socialista defenderam que, antes da demolição do muro da Mata Rainha Dª Leonor, na Rua Maria Ernestina Martins Pereira, por razões de segurança invocadas pelo presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, devido às fissuras e curvaturas que este muro apresenta, era imperioso haver um projeto para a sua reconstrução num todo harmonioso reunindo as exigências de estabilidade, adequação estética da arquitetura e integração paisagística.

Os autarcas entendem que a Rua Maria Ernestina Martins Pereira tem elevado potencial para atividades de lazer ligadas à fruição de passeios pedonais e ciciáveis, pelo que não aceitam que se promova o seu alargamento para facilitar o trânsito automóvel. Pelo contrário, consideram que o trânsito automóvel deveria ser “muito restringido”.
“Trata-se de uma rua que poderá e deverá ser um ex-libris da promoção turística do nosso património construído, que parte de um dos espaços urbanos mais primitivos e históricos das Caldas da Rainha, o Largo João de Deus e contorna a Mata Rainha Dª Leonor, num percurso cativante saudável, com excelente qualidade do ar e ausência de ruído. Para nós, a valorização urbana e paisagística da Rua Maria Ernestina Martins Pereira trará inúmeros benefícios económicos e sociais às Caldas da Rainha no futuro, pelo que é necessário fazer os investimentos adequados na reconstrução do muro da Mata Rainha Dª Leonor”, manifestaram.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar