20-07-2021 Imprimir PDF     Print    Print

Sipo 2021

Evento cultural em Óbidos, Caldas e Oeste promove diálogo artístico entre o jazz e a música erudita

De 22 de julho a 10 de agosto a vila de Óbidos recebe a SIPO – Semana Internacional de Piano, que, em 2021, celebra as bodas de prata. Esta edição, com o alto patrocínio do Presidente da República marca a estreia, em Portugal, dos norte-americanos Eugen Indjic e James Giles, dois reputados pianistas a nível internacional. O emblemático evento de piano, que combina a realização de concertos com as master classes, vai abrir o palco a outras sonoridades e inclui o jazz na sua programação, com a presença do Trio Mário Laginha.

[+] Fotos
De 22 de julho a 10 de agosto a vila de Óbidos recebe a SIPO
Este ano, uma grande parte dos concertos do Festival Internacional de Piano do Oeste tem lugar no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha que segundo nota enviada pelo gabinete de comunicação, oferece excelentes condições para espetáculos músicas e reúne todos os requisitos impostos pelas autoridades de saúde“.
A Sipo é um dos eventos culturais mais importantes da região, que aguarda com expectativa o retorno económico. Tem trazido a Óbidos e à Região centenas de visitantes melômanos, portugueses e estrangeiros, a maior parte permanecendo durante todo o evento.
As master classes de Piano e Música de Câmara bem como todos os concertos dos jovens participantes terão lugar em Óbidos, como todos os anos, no Auditório Municipal, assegurando igualmente todas as condições sanitárias necessárias.
Segundo comunicado, „ainda com condicionalismo devido à pandemia, o regresso da Sipo é visto como uma oportunidade para alavancar a economia local, em especial o setor do turismo na Região Oeste”.
Da programação do Festival Internacional de Piano do Oeste fazem parte 14 concertos, que, para além do Centro Cultural das Caldas da Rainha do Auditório Municipal de Óbidos, vão passar pela Igreja de Santa Maria de Óbidos, por Alcobaça e por Lisboa (Museu do Oriente).
Marcam presença no evento prestigiados pianistas e professores de âmbito nacional e internacional, jovens pianistas, participantes e laureados de edições anteriores provenientes de Portugal, Espanha, Franca, EUA, China, Japão, Estonia e o Brasil. O destaque vai para a presença, pela primeira vez em Portugal, do norte americano Eugen Indjic, detentor do primeiro prémio dos concursos de piano de Varsóvia, Leeds e Tel Aviv, cuja estreia em palco acontece aos nove anos e, anos mais tarde, torna-se o solista mais jovem a integrar a Boston Symphony Orchestra, e, do também norte americano, James Giles, detentor de vários prémios de piano, diretor e coordenador do programa de pós-graduação de piano da Northwestern University (Illinois), e presença habitual em importantes centros musicais da América, Europa e Ásia.

12 pianos espalhados pela vila

Para celebrar os 25 anos, a Sipo aposta em força na vertente pedagógica através da realização de master classes de Piano e de Música de Câmara, com um excecional elenco de professores pianistas convidados.
“As master classes constituem um importante momento deste evento, onde é dada formação especializada e de elevado nível a alunos de piano dos quatro cantos do mundo que estão a concluir a sua formação ou no início da sua carreira profissional. Fomos pioneiros em Portugal na formação contínua e altamente especializada e, mantemos, ao longo dos últimos 25 anos, a excelência. A Sipo é, reconhecidamente, uma iniciativa que abre as portas do mundo aos jovens pianistas em Portugal”, refere Manuela Gouveia, diretora artística da SIPO e presidente da ACIM (Associação de Cursos Internacionais de Música).
Na edição de 2021, as master classes vão estar divididas em dois grupos: de 23 a 29 de julho Música de Câmara, com Josep Colom, pianista e professor espanhol cuja experiência pedagógica neste campo é largamente reconhecida, e de 28 de julho a 9 de agosto, as master classes de Piano, que contam com a presença de 5 professores/pianistas dos Estados Unidos, França e Portugal – Boris Berman, James Giles, Manuela Gouveia, Eugen Indjic e Artur Pizarro.
Numa perspetiva de evolução, os jovens músicos serão acompanhados pelos professores durante todo o período dos cursos, sendo esta uma oportunidade única para o aperfeiçoamento técnico e musical.
O festival junta, ainda, a música às outras artes, com a galeria da Casa da Barbacam, em Óbidos, a receber a exposição “Transformações” – Fotografia e esculturas de bronze de Rainer Gross, escultor alemão reconhecido internacionalmente pelas suas instalações efémeras em edifícios históricos ou na natureza.
Reflexões sobre o estado da nossa sociedade também serão estimuladas através da palestra “Um mundo novo subjugado ao populismo? Cidadania precisa-se”, proferida por Miguel Raposo Magalhães.
Mais informações através do website www.pianobidos.org.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar