15-06-2018 Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Termas Centro e Turismo Centro lançam Guia das estâncias termais da região

Mealhada, Aveiro, 15 jun (Lusa) - O termalismo é um "produto âncora" decisivo para combater a "baixa estadia média" dos turistas nos alojamentos nacionais, defendeu hoje o presidente da Turismo Centro, durante o lançamento da publicação "Guia Termas Centro de Portugal".

Apresentado nas termas do Luso (Mealhada) como "um compêndio de informação essencial sobre as estâncias termais da região centro e a sua envolvência", o Guia resulta de uma parceria entre a associação Termas Centro e a Entidade Regional Turismo Centro, presidida por Pedro Machado.

O Guia terá uma edição em papel, que estará disponível gratuitamente em estabelecimentos hoteleiros, postos de turismo e outras instituições ligadas ao setor. A Termas Centro lançou também um website que terá uma versão eletrónica da publicação, a que acrescenta "informação útil sobre cada uma das estâncias" termais (http://www.termascentro.pt/).

A Termas Centro promete para breve uma aplicação "onde os clientes são convidados a aprender sobre as termas e a sua envolvência” através de jogos, assim como a plataforma de e-commerce.

"As termas são um dos produtos turísticos distintivos desta região, sendo fundamental no segmento do turismo de saúde e bem-estar, cada vez mais procurado pelos visitantes. Este Guia é um instrumento extremamente útil e apelativo para que, cada vez mais, pessoas descubram as Termas do Centro", resumiu Pedro Machado.

O líder da Turismo Centro, que engloba cem municípios na região Centro, destacou o papel das termas na captação de turistas estrangeiros, salientando que está na hora de associar a região ao bem-estar e à saúde e até ao chamado turismo médico.

Pelo seu lado, o presidente da Termas Centro, Vítor Leal, destacou as potencialidades da região Centro de Portugal e referiu que a cooperação com a Turismo Centro de Portugal foi fulcral para o lançamento do Guia.

A publicação foi apresentada no Grande Hotel de Luso, numa cerimónia que contou com a presença de Jorge Brandão, em representação de Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro; de Vítor Leal, representante das Termas Centro e presidente da Associação das Termas de Portugal; e de Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal.

A rede Termas Centro, cujo promotor líder é a Associação das Termas de Portugal - Delegação Centro - é um projeto cofinanciado pelos programas operacionais Centro 2020, Portugal 2020 e pela União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE (Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos).

As estâncias termais que integram o projeto são Termas de Alcafache, Termas de Almeida - Fonte Santa, Termas de Águas - Penamacor, Caldas da Felgueira, Caldas da Rainha, Termas do Carvalhal, Termas da Curia, Termas do Cró, Termas da Ladeira de Envendos, Termas de Longroiva, Termas de Luso, Termas de Manteigas, Termas de Monfortinho, Termas de Monte Real, Termas de Sangemil, Termas de S. Pedro do Sul, Termas de Unhais da Serra, Termas de Vale da Mó.

 

RBF // MCL

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar