19-06-2018 Economia, Sociedade, Política, Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Câmara de Vilar Pouca de Aguiar diz que CGD admitiu lapsos na serieção do fecho de balcões

Lisboa, 19 jun (Lusa) – O presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar disse hoje que os representantes do conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) admitiram “haver imprecisões” no processo de seriação de encerramentos de agências daquele banco.

“Foi referenciado [pelos representantes do conselho de administração da CGD] que podia haver imprecisões. Se há imprecisões, está na altura de as ponderar e de as reverter”, afirmou Alberto Machado, depois de uma reunião relativa ao encerramento da agência de Pedras Salgadas, no concelho de Vila Pouca de Aguiar, distrito de Vila Real.

Para o presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar, essa postura revela que o “conselho de administração da Caixa Geral de Depósitos vive em gabinetes e o ‘feedback’ que foi feito pelas estruturas não corresponde à realidade territorial”.

No âmbito do plano de reestruturação da CGD, o balcão de Pedras Salgadas deverá encerrar a 29 de junho, tendo os clientes de se deslocar seis quilómetros até à sede do concelho.

Com este fecho, os clientes ficam ainda sem a única caixa de multibanco.

Alberto Machado referiu ainda que foi pedido “o prolongamento do prazo, pelo menos, até 31 de agosto”, mas que a proposta foi “claramente, recusada e posta de lado”.

O presidente do município de Vila Pouca de Aguiar justificou o pedido com o aumento de visitantes que Pedras Salgadas recebe durante o verão.

“Estamos a falar da vila termal de Pedras Salgadas”, explicou, acrescentando que, atualmente, o “turismo está a ser muito incentivado”.

Questionado pelos jornalistas sobre os motivos que impedem a extensão do prazo de fecho da agência, Alberto Machado referiu que a CGD não tinha “condições para o fazer”.

“Não há qualquer racionalidade no encerramento de uma agência que dá lucro no interior norte do país. Queremos saber, ninguém nos conseguiu explicar, o que é que a Caixa vai ganhar”, questionou.

Para o autarca, “o que se ganha [com estes encerramentos] é mais pobreza para aqueles que são suficientemente pobres, desprotegidos e desconsiderados”, rematou.

O autarca de Vila Pouca de Aguiar também referiu que o executivo vai ser recebido pelo Secretário de Estado das Finanças na próxima segunda-feira.

Alberto Machado integrou o grupo de cerca de 30 pessoas que estiveram hoje em Lisboa a protestar em frente à sede da Caixa Geral de Depósitos contra o fecho da agência de Pedras Salgadas.

Num protesto pacífico, os manifestantes não levaram cartazes nem gritaram palavras de ordem.

A CGD vai fechar cerca de 70 agências este ano, a maioria já este mês e nas áreas urbanas de Lisboa e Porto, indicou, na semana passada em comunicado, o banco público, sem precisar quantas são exatamente as agências que fecharão até final de junho nem onde se situam, dizendo apenas que muitos desses balcões estão em áreas urbanas.

Segundo informações recolhidas pela Lusa nas últimas semanas, entre as agências da CGD que irão fechar estão São Vicente da Beira (Castelo Branco), Darque (Viana do Castelo), Grijó e Arcozelo (Gaia), Pedras Salgadas (Vila Pouca de Aguiar), Prior Velho (Loures), Alhandra (Vila Franca de Xira), Abraveses e Rua Formosa (Viseu), Louriçal (Pombal), Avanca (Estarreja), Desterro (Lamego), Carregado (Alenquer), Colos (Odemira) e Alves Roçadas (Vila Real), Nogueira do Cravo (Oliveira de Azeméis), Perafita (Matosinhos) e Coimbra.

A redução da operação da CGD, incluindo o fecho de 180 balcões em Portugal até 2020, foi acordada entre o Estado português e a Comissão Europeia como contrapartida pela recapitalização do banco público feita em 2017.

 

ACZF/MCL // MCL

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar