18-01-2019 Sociedade, Lusa, Leiria Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Prisão preventiva para suspeito de furtos qualificados em Leiria e Santarém

Leiria, 18 jan (Lusa) - O Tribunal de Leiria decretou prisão preventiva para um dos dois suspeitos de furto qualificado, pela suspeita de "perigo de continuação de atividade criminosa e de perturbação da ordem e tranquilidade pública".

Numa nota publicada na página da Procuradoria da Comarca de Leiria, o Ministério Público refere que, no desenrolar de uma investigação criminal, a GNR de Pombal deteve dois homens, com 30 e 38 anos, residentes em Leiria.

Os arguidos são suspeitos da prática de "20 crimes de furto qualificado e dois crimes de furto".

"A um dos arguidos imputou-se ainda o cometimento de um crime de detenção de arma proibida e um outro crime de furto qualificado".

"Verificando-se a existência de perigo de continuação de atividade criminosa e de perturbação da ordem e tranquilidade pública, no primeiro interrogatório judicial foi determinado que um dos arguidos aguardasse os trâmites do processo em prisão preventiva", refere a nota.

Relativamente ao outro suspeito, foi decretado que aguardasse o desenrolar do processo sujeito à medida de coação de apresentação diária na GNR de Leiria, entre as 07:00 e as 21:00, e de proibição de contactos por qualquer meio com o outro arguido.

"O Ministério Público irá interpor recurso, por entender que ao segundo arguido deveria ter sido imposta a medida de prisão preventiva".

Dos autos resulta que, "no período compreendido entre o dia 27 de março de 2018 e o dia 16 de janeiro de 2019, os arguidos introduziram-se em residências, estabelecimentos comerciais e empresas, situados nos concelhos de Pombal, Leiria, Caldas da Rainha, no distrito de Leiria, e Santarém e Tomar, no distrito de Santarém, através de arrombamento ou escalamento".

"Do seu interior retiraram diversos bens, designadamente uma câmara de vídeo digital, uma coluna de som, um projetor Led, programas de software, discos externos, um router de internet, uma torre de computador, um monitor de marca Dell, computadores portáteis e teclados, televisores, botijas de gás, painéis/telhas e respetivos perfis metálicos, produtos de limpeza e de higiene pessoal, artigos alimentares, bicicletas, diversas quantias em numerário, vários litros de gasóleo, baterias e ainda veículos automóveis", enumera o MP.

Segundo a GNR, das buscas realizadas foi recuperado diverso material estimado no valor de 147 mil euros.

Entre as apreensões constam quatro veículos, 6.200 litros de gasóleo, dois revolveres, uma espingarda, uma pistola, mais de uma centena de munições, diversas ferramentas afetas à construção civil e atividade mecânica, televisores e computadores.

Os detidos têm antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, tendo um deles já cumprido pena de prisão, encontrando-se, neste momento, em pena suspensa pelo período de cinco anos, revela a GNR.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal de Pombal, com a coadjuvação da GNR desta cidade.

 

EYC // SSS

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar