08-06-2018 Cultura, Sociedade, Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

BREVES: Cultura

Lisboa, 08 jun (Lusa) - Notícias breves de Cultura:

 

Orquestra Metropolitana de Lisboa encerra o ciclo da Integral das Sinfonias de Brahms

 

A Orquestra Metropolitana de Lisboa, sob a direção musical do maestro Reinaldo Guerreiro, encerra, no sábado, às 21:00, no Teatro Thalia, em Lisboa, a Integral das Sinfonias de Johannes Brahms, com a interpretação da Sinfonia N.º 4,

Na primeira parte do programa, é solista o pianista Miguel Borges Coelho, para interpretar com a orquestra o Concerto para Piano e Orquestra N.º 2, de Frédèric Chopin, sendo esta a segunda vez, na atual temporada, que o músico português faz parte da programação da Metropolitana.

Borges Coelho estreou composições de Lopes-Graça e de João Pedro Oliveira. Da sua discografia faz parte um CD duplo com obras de Jorge Peixinho. Em 2016, o músico portuense concluiu o doutoramento em Música e Musicologia, na Universidade de Évora, com uma tese intitulada “Alexander Scriabin: the definition of a new sound space in the crisis of tonality”.

Atualmente desenvolve carreira como concertista, apresentando-se em Portugal e no estrangeiro, e é professor de piano na Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo, no Porto.

 

 

Organista Arno Hartmann toca sábado em S. Vicente de Fora em Lisboa

 

O organista alemão Arno Hartmann apresenta no sábado, às 17:00, o recital “Canadá-Suíça-Canadá: Uma Viagem”, no âmbito VIII Ciclo do Órgão Histórico de S. Vicente de Fora, em Lisboa.

“Arno Hartmann apresenta um programa que inclui peças oriundas do 'Livre d’Orgue de Montreal' (1700) e de três compositores contemporâneos: os suíços Lionel Rogg e Guy Bovey e o canadiano Denis Bédard”, segundo comunicado da organização, que sublinha “a dimensão e a rica paleta sonora do órgão construído em 1765, por João Fontanes de Maqueira”, que é o de São Vicente de Fora.

Arno Hatmann, maestro e organista, iniciou os estudos musicais na sua cidade natal, Duisburg, e prosseguiu-os em Dusseldorf, tendo posterirmente estudado na Universidade de Música de Viena, com Martin Haselböck, Michael Radulescu, Peter Planyavsky, Erwin Ortner, Günther Theuring e Leopold Hager.

De 1989 a 1994, foi mestre-capela e organista da Igreja Luterana, em Viena, e, de 1994 a 2003, assumiu o cargo 'kantor' diocesano na mesma igreja, onde constituiu os agrupamentos orquestrais e corais Camerata e Capella Lutherana Wien. Em setembro de 2003, Arno Hartmann regressou à Alemanha para dirigir o Stadtkantorei Bochum, em estreita cooperação com a Bochum Symphony Orchestra. É o diretor artístico dos festivais de Órgão de Bochum e Bochum Bach.

 

 

Maria Amélia Proença no Festival do Fado em Alfama

 

A fadista Maria Amélia Proença, com mais de 60 anos de carreira, distinguida em 2011 com o Prémio Amália, atua no dia 29, no Palco Amália, do Festival do Fado de Alfama, em Lisboa.

O Festival Santa Casa, que se realiza nos dias 28 e 29 de setembro, apresentou a programação completa do palco Amália, instalado no auditório da firma Abreu Advogados, no bairro lisboeta de Alfama.

Além de Maria Amélia Proença, que começou a cantar aos sete anos, neste mesmo palco, também no dia 29, atua Tânia Oleiro, que editou recentemente o álbum “Terços de Fado”. No dia 28, atuam Catarina Rocha e Miguel Ramos.

Segundo a organização o festival prevê “mais de 40 concertos em 12 palcos”, com nomes como Raquel Tavares, Alexandra e Dulce Pontes.

Outro palco que já apresentou a programação foi o instalado no largo das Alcaçarias. É constituída pelas atuações de Artur Batalha, Filipa Cardoso e Ana Marta, no dia 28, e, no dia seguinte, de Maria da Nazaré e Jorge Roque.

 

 

Roupa Nova celebram 40 anos em Portugal

 

A banda brasileira Roupa Nova, que protagonizou êxitos como “Dona”, um dos temas da telenovela “Roque Santeiro”, e “Linda Demais”, atua em setembro, em Portugal, divulgou a sua promotora.

Os Roupa Nova sobem ao palco do Coliseu do Porto, no dia 20 de setembro, e, no dia seguinte, atuam no Campo Pequeno, em Lisboa.

Com 40 anos de carreira, um percurso em que assinalam o êxito de “Canção de Verão”, entre outras, como “Volta P’ra Mim”, “Whisky a Go Go” ou “A Força do Amor”, os Roupa Nova atuam em Portugal apresentando o seu mais recente álbum, "Todo amor do mundo", o 38.º da banda, que dá conta da história do início da carreira dos músicos.

Os Roupa Mova são Paulinho (voz e percussão), Serginho Herval (bateria e voz), Nando (baixo e voz), Kiko (guitarra, violão e voz), Ricardo Feghali (piano, teclado, guitarra, violão e voz) e Cleberson Horsth (piano, teclado e voz).

“Trem Azul”, "Coração Pirata", "Começo, Meio e Fim" e “Sapato Velho” são outros êxit0os da banda.

 

NL // MAG

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar