18-05-2018 Lusa, Caldas da Rainha Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

MP acusa homem de tráfico de droga e violência doméstica nas Caldas da Rainha

Caldas da Rainha, Leiria, 18 mai (Lusa) – O Ministério Público de Leiria deduziu acusação contra um homem suspeito de tráfico de estupefacientes, posse de arma proibida e violência doméstica contra a mulher com quem viveu nas Caldas da Rainha.

A acusação foi deduzida pelo Ministério Público (MP) em exercício de funções no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) das Caldas da Rainha.

Na sua página da internet, o MP revela hoje que o arguido, “ao longo do seu relacionamento com a ofendida”, por diversas vezes lhe desferiu “murros, bofetadas e pontapés”, além de a ter injuriado e ameaçado.

“Inúmeras vezes”, segundo a acusação deduzida no dia 10, “o arguido impediu-a de sair da residência do casal, de falar ou conviver com amigos e de trabalhar”, atuação que o MP considerou ter tido o “propósito de maltratar física e psicologicamente a sua companheira”.

No âmbito de buscas realizadas à residência e ao veículo do arguido, no dia 24 de novembro de 2017, “foram apreendidos vários bens, designadamente produto estupefaciente”, cerca de 27 quilos de canábis, e “uma pistola de alarme, munições, cartuchos, uma espingarda de caça e duas armas de ar comprimido”.

O homem não era titular de licença de uso e porte de arma, pelo que lhe é imputada a autoria material, na forma consumada e em concurso real, da prática de um crime de detenção de arma proibida, um crime de tráfico de estupefacientes e um crime de violência doméstica.

O MP deduziu assim acusação num processo comum, devendo o arguido ser julgado por um tribunal coletivo e aguardar a realização de julgamento em prisão preventiva, medida de coação que lhe foi aplicada no interrogatório judicial ocorrido em 25 de novembro de 2017.

A investigação foi efetuada sob direção do Ministério Público de Caldas da Rainha, com a coadjuvação da GNR, através do Comando Territorial de Leiria /Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas.

 

DYA // ROC

 

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar