12-07-2018 Lusa, Torres Vedras Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Prisão preventiva para instrutor de surf que matou colega na Lourinhã

Lourinhã, Lisboa, 12 jul (Lusa) - O Tribunal da Lourinhã decretou hoje prisão preventiva para o instrutor de surf que, na terça-feira, esfaqueou até à morte outro colega nas arribas da praia de Paimogo, no mesmo concelho, disse fonte ligada à investigação.

O alegado homicida, que não prestou declarações ao Juiz de Instrução Criminal e não confessou até agora o crime, vai aguardar julgamento no Estabelecimento Prisional de Leiria.

Na terça-feira, o homem, de 31 anos e residente no Baleal, em Peniche, esfaqueou outro seu colega instrutor de surf, residente na Lourinhã, nas arribas da praia de Paimogo, neste concelho do distrito de Lisboa.

Segundo a mesma fonte, ambos já tinham sido amigos e haveria desavenças entre os dois.

Depois do crime, colocou a vítima dentro da sua viatura e transportou-a até à urgência de Peniche do Centro Hospitalar do Oeste, onde ficou à espera e se entregou à PSP, que o deteve.

A vítima terá entrado já cadáver na urgência.

Uma testemunha, que disse ter presenciado o homicídio, fez queixa na GNR da Lourinhã.

Os militares deslocaram-se ao local e vieram a apreender a arma branca, abandonada nas arribas.

A investigação do crime está entregue à Polícia Judiciária.

 

FYC // ARA

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar