22-06-2018 Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Almanaque Lusa - 22 de junho

Lisboa, 22 jun (Lusa) - Hoje é sexta-feira, 22 de junho, centésimo septuagésimo terceiro dia do ano e Dia Mundial do Carocha. Faltam 192 dias para o final de 2018.

Este dia é dedicado a São Tomás More, mártir, e a São João Fisher, mártir.

Nos céus, a Lua encaminha-se para a Fase Plena. Lua Cheia, dia 28, às 05:53.

O Sol nasce às 06:12 e o ocaso regista-se às 21:05.

No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 11:54, a baixa-mar às 05:17 e 17:44.

Caranguejo é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se o escritor inglês H. Rider Haggard (1856), o cineasta norte-americano de origem alemã Billy Wilder (1906), o tenor britânico Peter Pears (1910), a atriz Meryl Streep (1949).

Nesta data, em 1921 era inaugurado o Parlamento (Sinn Fein) na Irlanda do Norte. Em 1940, o Governo do marechal Pétain assinava a rendição ao exército alemão de Hitler. Em 1941, as forças nazis invadiam a URSS.

Em 1963, era inaugurada a Ponte da Arrábida, no Porto. Em 1976, o Canadá abolia a pena de morte. Em 1980, a URSS anunciava o envio de tropas para o Afeganistão. Em 1981, o Parlamento espanhol aprovava a lei do divórcio. Em 1983, o Escudo português era desvalorizado em 12 por cento.

Em 1984, morria o cineasta britânico Joseph Loosey. No mesmo dia, o holandês Joseph Luns deixava o cargo de secretário-geral da Nato, funções que desempenhara durante 13 anos. Em 1987, morria o ator e bailarino Fred Astaire, 88 anos.

Em 1988, Portugal, Moçambique e a África do Sul assinavam o acordo sobre a barragem de Cahora Bassa. Em 1989, José Eduardo dos Santos e Jonas Savimbi assinavam a declaração de princípios que previa o acordo de cessar-fogo em Angola, em Gbadolite, Zaire.

Em 1992, morria o escritor de origem romena Virgil Gheorghiu,75 anos, autor de “A 25.ª Hora”. Em 1993, os EUA abriam a Embaixada em Luanda. Em 1994, o Conselho de Segurança das Nações Unidas dava luz verde à França para a intervenção no Ruanda. Em 1995, o primeiro-ministro britânico John Major demitia-se da liderança do partido Conservador, anunciando, simultaneamente, que se recandidataria ao cargo.

Em 1997, era comunicada a descoberta de ovos de dinossauro, na Lourinhã. Em 1998, o general Garcia dos Santos abandonava a presidência da Junta Autónoma das Estradas. Em 1999, o Vaticano autorizava o processo de beatificação dos pastores de Fátima, Jacinta e Francisco. Em 2001, o ministro português das Finanças, Pina Moura, anunciava o plano de emergência, que constava de 50 medidas destinadas a combater os desperdícios no Estado.

Em 2003, recomeçavam as exportações de petróleo iraquiano. Na Rússia, o Governo fechava a emissora de televisão TVS, último canal independente do país. No mesmo dia, morria o escritor bielorrusso Vassil Bykov, 79 anos, autor de "Os Mortos Não Sofrem".

Em 2004, era atingido o acordo sobre o texto do Tratado Constitucional Europeu, na Cimeira de chefes de Governo, em Bruxelas. E o primeiro-ministro português, Durão Barroso, dizia-se indisponível para uma candidatura à presidência da Comissão Europeia.

Em 2005, o neurologista português António Damásio era distinguido com o Prémio Príncipe das Astúrias. E morria Vivian Joseph, 89 anos, violoncelista britânica, fundadora dos London Mozart Players.

Em 2006, o Parlamento aprovava, na generalidade, a Lei da Programação Militar. E o primeiro-ministro timorense Mari Alkatiri recusava demitir-se, enquanto o presidente Xanana Gusmão ameaçava resignar e o ex-ministro do Interior Rogério Lobato ficava sob prisão domiciliária.

Em 2007, a Casa da Música, no Porto, recebia, em Londres, o Prémio Europeu do Instituto Real Britânico de Arquitetos. Morria em Pequim, com 80 anos, o jornalista, político e tradutor Chen Hui, intérprete de Mao Tsé-tung e de Zhou Enlai na década de 1960.

Em 2013, a Universidade de Coimbra era classificada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) Património Mundial da Humanidade.

Em 2015, o antigo Presidente da República Jorge Sampaio era um dos agraciados na primeira edição do Prémio Nelson Mandela, das Nações Unidas, pelo seu trabalho por um mundo melhor. O prémio era atribuído a Jorge Sampaio e a uma oftalmologista da Namíbia, Helena Ddume.

Em 2016, Cristiano Ronaldo isolava-se como melhor marcador da seleção portuguesa de futebol em fases finais de grandes competições do Europeu, deixando para trás Eusébio e Nuno Gomes, ao marcar na estreia do Euro2016. Cristiano Ronaldo tornava-se o futebolista com mais jogos em fase finais de Europeus, ao somar, face à Hungria, o 17.º encontro, mais um que os já retirados, Edwin van der Sar e Lilian Thuram.

Em 2017, o decreto que regulamenta o acesso à gestação de substituição, vulgarmente conhecida como barriga de aluguer, era aprovado na reunião do Conselho de Ministros. Morria, aos 67 anos, em Lisboa, Miguel Beleza, ministro das Finanças do XI Governo Constitucional liderado por Cavaco Silva, vítima de paragem cardiorrespiratória. Morria, aos 91 anos, em Gaborone, Ketumile Masire, antigo presidente do Botsuana.

 

Lusa/Fim.

 

 

 

 

 

 

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar