30-05-2018 Cultura, Economia, Sociedade, Educação, Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Realizador luso-brasileiro grava nova série sobre Portugal para televisão do Brasil

Coimbra, 30 mai (Lusa) – Um realizador luso-brasileiro que estudou na Universidade de Coimbra (UC) começa a gravar em junho, para um canal de televisão do Brasil, a terceira série de programas sobre locais turísticos em Portugal depois das emissões de 2016 e 2017.

“As duas primeiras temporadas encantaram os brasileiros”, disse hoje Luiz Plácido à agência Lusa, realçando que vai continuar a mostrar “um Portugal que muitos portugueses desconhecem”, através do Travel Box Brazil, de Porto Alegre, um dos canais por assinatura da empresa de televisão Box Brazil.

Na nova encomenda de 10 programas para a televisão por cabo do maior país lusófono do mundo, onde mais de 200 milhões de habitantes falam Português, o conteúdo continua a ser “apresentado na linguagem de ‘jornalismo de mochila’, em que uma única pessoa desenvolve todo o trabalho”, opção que permite “um olhar mais pessoal e mais íntimo” sobre os lugares.

Nascido há 41 anos na cidade de Santos, no Brasil, Luiz Plácido obteve em 2015 o mestrado em Comunicação e Jornalismo pela Faculdade de Letras da UC.

A partir de Coimbra, onde reside, começou este ano a assinar uma crónica semanal no diário “A Tribuna de Santos”, após ter produzido as primeiras séries televisivas, sob o título “Destino Portugal”.

“Esqueçam os estereótipos. É claro que também tem pastel de nata, fado e galo de Barcelos, mas vai muito além e mostra um Portugal diferente do que estamos acostumados a ver”, sublinhou.

Já mostrou 78 localidades portuguesas do Continente, tendo igualmente divulgado seis das nove ilhas dos Açores e várias localidades da Madeira, incluindo um episódio sobre a floresta laurissilva.

Além das regiões autónomas, a lista de programas incluiu gravações em aldeias, vilas, cidades, zonas montanhosas e da costa atlântica, como Piódão (Arganil), Guimarães, Braga, Serra do Gerês, Barcelos, Serra da Estrela, Porto, Régua, Viana do Castelo, Fátima, Lousã, Coimbra, Nazaré, Aveiro, Peniche, Óbidos, Caldas da Rainha, Évora, Lisboa, Cascais, Sintra, Olhão, Albufeira e Lagos, entre outras.

Desta vez, Luiz Plácido, ligado por laços familiares à Lousã, distrito de Coimbra, acordou com o Travel Box Brazil, que emite para o Brasil e a América Latina, a produção de uma série que abrange os seis distritos que ainda não visitou: Guarda, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Setúbal e Beja.

A ideia de avançar com estes trabalhos comerciais surgiu após a sua orientadora de mestrado, a professora Clara Almeida Santos, lhe ter proposto um conjunto de vídeos sobre locais de Portugal classificados como Património Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

“Esta deverá ser a minha última série, já que os programas estão migrando para o campo do turismo, em Portugal, através de uma agência que transforma esses roteiros em passeios físicos para turistas brasileiros e outros”, disse Luíz Plácido.

Cada temporada compreende 10 episódios de meia hora, sendo cada um deles composto por três blocos que mostram uma localidade cada.

 

CSS // SSS

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar