30-04-2018 Desporto, Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

COMENTÁRIO: Estoril Open: Erros de Gastão Elias ditam eliminação na primeira ronda

Estoril, Lisboa, 30 abr (Lusa) - O português Gastão Elias foi o primeiro representante nacional a ser eliminado no quadro principal do Estoril Open em ténis, ao perder hoje em dois ‘sets', com os parciais de 6-3 e 6-1 diante do australiano Alex de Minaur.

Perante um jovem de 19 anos a fazer a sua estreia num quadro principal de um torneio de terra batida do circuito ATP - e que recebeu um dos ‘wild cards' da organização -, o tenista natural das Caldas da Rainha não foi capaz de fazer valer a sua maior experiência e o apoio do público, registando um inusitado número de erros que acabaram por trair o seu esforço.

Curiosamente, Gastão Elias, 108.º do ranking, até nem entrou mal na partida, vencendo os seus primeiros dois jogos e chegando a ameaçar um ‘break' logo no primeiro jogo do australiano. Porém, Alex de Minaur não facilitou quando dispôs de uma oportunidade para quebrar o serviço do português no quinto jogo e agarrou aí a superioridade no encontro que não mais lhe fugiu.

A partir daí, o jovem australiano, atual número 111 do ranking mundial, impôs o seu ritmo, com jogos cada vez mais curtos e rápidos, sustentado numa grande consistência no fundo do c’ourt’. Com a vantagem a solidificar-se, De Minaur ganhou também a confiança necessária para se mostrar mais ousado nos recursos técnicos, conquistando pontos de belo efeito.

Só a fechar o primeiro ‘set’ é que o equilíbrio regressou à terra batida do Court Central do Clube de Ténis do Estoril, já que Gastão Elias recorreu à combatividade para tentar adiar o que se afigurava como inevitável. Com efeito, o primeiro ‘set’ caiu mesmo para o australiano, mas tal só foi concretizado no quarto ‘set point', fechando o parcial ao fim de 40 minutos.

Se o primeiro ‘set' já mostrara um nível superior de Alex De Minaur, esse nível tornou-se ainda mais expressivo no parcial seguinte. Gastão Elias não conseguiu oferecer a mesma réplica, baixando a concentração e a capacidade de responder às pancadas do tenista natural de Sydney, que sobressaiu neste período com grandes pancadas ao longo da linha.

Ato contínuo, Alex De Minaur venceu os primeiros cinco jogos e criou de imediato um ‘fosso' de 5-0 demasiado grande para Gastão Elias conseguir inverter. Incapaz de responder à diversidade e riqueza do jogo do adversário, o português teve uma má entrada e só voltou a reencontrar-se com o seu melhor ténis já perto do fim.

O ténue e tardio ressurgimento chegou apenas para conseguir vencer um jogo e reduzir provisoriamente para 5-1 e para ameaçar um novo ‘break' logo a seguir. Todavia, Alex de Minaur não protelou a decisão da partida e fechou o encontro logo no primeiro ‘match point', com o 6-1 final após um total de uma hora e 27 minutos, numa vitória inequívoca.

Alex De Minaur segue agora para a segunda ronda do torneio, na qual irá medir forças na quarta-feira com o britânico Kyle Edmund, terceiro cabeça de série e que ficou isento na jornada inaugural. Entretanto, o australiano joga já esta terça-feira na variante de pares ao lado do veterano Lleyton Hewitt contra a dupla composta por Raven Klaasen e Michael Venus.

 

JYGO/AYCO/NFO // NFO

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar