04-08-2018 Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Almanaque Lusa - 04 de agosto

Lisboa, 04 ago (Lusa) - Hoje é sábado, 04 de agosto, ducentésimo décimo sexto dia do ano. Faltam 149 dias para o final de 2018.

Este dia é dedicado a São João Maria Vianney e a Santo Aristarco.

Nos céus, a Lua atinge o quarto Minguante, às 19:18.

O Sol nasce às 06:40 e o ocaso regista-se às 20:44.

No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 08:52 e 21:18, a baixa-mar, às 02:17 e 14:41.

Os nascidos nesta data pertencem ao signo Leão, destacando-se o poeta inglês Percy Bysshe Shelley (1791), o trompetista, compositor e chefe de orquestra de jazz Louis Armstrong (1901), o escritor polaco Witold Gombrowicz (1904), o compositor norte-americano William Schuman (1910), a atriz norte-americana Eve Marie Saint (1924), o antigo líder da OLP Yasser Arafat (1929), o “cartoonista” Guillermo Mordillo (1932), o ator e escritor norte-americano Billy Bob Thornton (1955), o presidente do Governo espanhol José Luis Rodríguez Zapatero (1960).

Nesta data, em 1578, na localidade marroquina de Kars-el Kibir, travava-se a batalha de Alcácer-Quibir. Em 1674, tropas francesas arrasavam o Palatinado. Em 1789, era abolido, em França, o sistema feudal. Em 1849, procedentes de Pernambuco, Brasil, chegavam a Moçâmedes, em Angola, os primeiros colonos portugueses.

Em 1914, na Grande Guerra 1914-18, o Reino Unido declarava guerra à Alemanha e os EUA manifestavam-se neutrais. Em 1919, o senado da Universidade do Porto aprovava a criação dos institutos de investigação científica de Anatomia e Histologia na Faculdade de Medicina.

Em 1944, a Gestapo capturava a jovem Anne Frank e outros 14 judeus holandeses que se encontravam escondidos em Amsterdão, durante a ocupação nazi, na II Guerra Mundial. Em 1935, em Portugal, era inaugurada oficialmente a Emissora Nacional de Radiodifusão, atual RDP.

Em 1949, morriam mais de seis mil pessoas num tremor de terra que atingiu 50 cidades no Equador. Em 1971, a nave espacial norte-americana Apollo-15 iniciava o regresso a Terra depois de uma missão de seis dias de exploração do solo lunar. Em 1977, morria o filósofo Ernst Bloch, precursor do marxismo utópico.

Em 1985, o foguetão espacial europeu Ariane III era lançado para o espaço e colocava dois satélites de telecomunicações em órbita geoestacionária, a 36 mil quilómetros da Terra. Em 2002, nos Europeus de Natação de Berlim, a portuguesa Sara Oliveira batia o recorde nacional de mariposa com 2.12,56 minutos, classificando-se em sétimo lugar, na final.

Em 2003, morriam o médico João Pulido Valente, 77 anos, resistente antifascista, e a jornalista Helena Sanches Osório, 61 anos, antiga diretora do semanário O Independente e do vespertino A Capital.

Em 2004, o engenheiro português António Segadães Tavares recebia o “Óscar” da engenharia pelo projeto de ampliação da pista do aeroporto do Funchal. E Durão Barroso, recém-eleito presidente da Comissão Europeia, completava a equipa de comissários a apresentar no Parlamento Europeu.

Em 2005, um desabamento da falésia da praia de Almagreira, Peniche, causava a morte a duas pessoas. No mesmo dia, a canção "Like a Rolling Stone", de Bob Dylan, era identificada como aquela que mais influenciou as gerações dos 50 anos anteriores, através de um estudo de consumo, no âmbito da música popular.

Em 2006, um avião C-130 da Força Aérea Portuguesa descolava de Brindisi, Itália, com destino a Beirute, na primeira missão de ajuda ao Líbano, no âmbito do Programa Alimentar Mundial. A Comissão Independente das Nações Unidas chegava a Díli para a investigação da crise político-militar que agitava Timor-Leste desde finais de abril. E morria José Luís Ferreira da Cunha, 78 anos, antigo secretário de Estado da Informação do VI Governo Provisório, chefe da casa civil da Presidência de Costa Gomes (1974-76).

Em 2007, morriam Lee Hazlewood, 78 anos, compositor norte-americano, autor de “These Boots Were Made for Walkin”, popularizado por Frank Sinatra; Raul Hilberg, 81 anos, escritor e historiador norte-americano, conhecido pelas suas obras sobre o Holocausto, e Bruno Santos, 75 anos, jornalista, colaborador do jornal A Bola, acompanhou mais de 30 Voltas a França em bicicleta.

Em 2008, morria o maestro italo-norte-americano Nicola Rescigno, que dirigiu Maria Callas e numerosas óperas por todo o mundo, aos 92 anos, num hospital de Viterbo, no Norte de Itália.

Em 2010, as trabalhadoras independentes e os respetivos parceiros passavam a estar formalmente abrangidos pelo direito à licença por maternidade, com a entrada em vigor da diretiva (lei europeia) 2010/41/UE. Morria, aos 72 anos, Orlando Worm, desenhador de luz, diretor técnico e fundador da Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo.

Em 2012, o Sudão e o Sudão do Sul alcançavam um acordo sobre a partilha da riqueza petrolífera controlada por Cartum antes da partição do país. O norte-americano Michael Phelps conquistava nos Jogos Olímpicos a sua sexta medalha em Londres2012 e a 22.ª da sua história, as mesmas que Portugal conseguiu em 100 anos. No final da sua quarta e última presença na maior prova, Phelps despediu-se com o título na estafeta dos 4x100 metros estilos, encerrando o seu ciclo com 18 medalhas de ouro, duas de prata e outras tantas de bronze.

Em 2015, o sul-africano Cameron van der Burgh batia o recorde do mundo nas eliminatórias dos 50 metros bruços nos Mundiais disputados em Kazan, Rússia, ao nadar a distância em 26,62 segundos. Morria Takashi Amano, designer japonês, considerado pioneiro no aquapaisagismo, aos 61 anos, vítima de doença prolongada.

Em 2017, o Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, inaugurava a maior barragem do país, em Laúca, e lançava a primeira pedra em Caculo Cabaça.

 

Lusa/Fim.

 

 

 

 

 

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar