28-12-2018 Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Almanaque Lusa - 28 de dezembro

Lisboa, 28 dez (Lusa) - Hoje é sexta-feira, 28 de dezembro, tricentésimo sexagésimo segundo dia do ano. Faltam três dias para o final de 2018.

Este dia é dedicado aos Santos Inocentes, Mártires.

Nos céus, a Lua encontra-se na Fase Minguante. Quarto Minguante, dia 29, às 09:34.

O sol nasce às 07:54 e o ocaso regista-se às 17:22.

No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 07:26 e 20:03, a baixa-mar, às 00:46 e 13:27.

Os nascidos nesta data pertencem ao signo Capricórnio, destacando-se o compositor português João Domingos Bomtempo (1771), o ator teatral Luís Furtado Coelho (1831), o cientista inglês Sir Arthur E. Eddington (1882), o músico de Jazz Earl Hines (1903), o dramaturgo espanhol Manuel Puig (1932), a atriz britânica Maggie Smith (1934) e o ator norte-americano Denzel Washington (1954).

Nesta data, em 1836, a Espanha reconhecia a independência do México. Em 1895, o animatógrafo tinha a primeira sessão pública, com a apresentação do filme dos irmãos Lumiére, nas caves do Grand Café de Paris.

Em 1937, morria o compositor francês Maurice Ravel, 62 anos, autor de “Bolero” e “Gaspard de la Nuit”. Em 1942, a Gestapo e os oficiais SS de Adolf Hitler lançavam o processo de esterilização de mulheres, no campo de extermínio de Birkenau. Em 1948, era assassinado o primeiro-ministro egípcio Nobrashy Pasha.

Em 1970, o tribunal militar espanhol condenava à morte seis separatistas bascos. Em 1982, as Nações Unidas anunciavam que 122 milhões de crianças tinham nascido durante o ano, 104 milhões das quais em países subdesenvolvidos.

Em 1983, em Lisboa, no edifício da Companhia Portuguesa Rádio Marconi, era inaugurada a primeira central telefónica digital europeia para ligações internacionais. Em 1987 a inflação brasileira atingia o valor máximo de sempre, ao atingir 365,96 por cento. Em 1990, morria o escritor chinês Liao Mosha, 84 anos.

Em 1991, morria o escritor francês Hervé Guibert, 36 anos. Em 1992, o presidente do Brasil, Fernando Collor de Mello, acusado de corrupção e tráfico de influências, demitia-se do cargo, sendo substituído por Itamar Franco.

Em 1993, o Banco de Espanha intervinha no Banco Espanhol de Crédito, Banesto, substituindo os órgãos de administração. Em 1994, um sismo de 7,5 na escala de Richter atingia o norte do Japão. Em 1995, o Instituto Nacional de Estatística revelava que a taxa de desemprego em Portugal, durante o último Governo PSD do período 1985-95, subira para 7,3 por cento, o nível mais elevado da década.

Em 1999, morria, em Paris, o costureiro Louis Férraud, 79 anos. Em 2000, morria o escultor português João Fragoso, 87 anos. Em 2003, a Coreia do Norte anunciava a possibilidade de aceitar uma nova ronda de conversações sobre o programa nuclear. No mesmo dia, a equipa da Agência Internacional de Energia Atómica começava a inspeção do arsenal libanês, com a cooperação do Governo de Trípoli.

Em 2004, era confirmada a vitória do líder da oposição ucraniana, Viktor Yuschenko, nas eleições presidenciais. Em Nova Iorque, morria Susan Sontag, 71 anos, escritora norte-americana, cineasta, autora de “Olhando o Sofrimento dos Outros” e “Contra a Interpretação”, Prémio Príncipe das Astúrias, Prémio da Comendadora da Ordem das Artes e das Letras de França.

Em 2005, o governo propunha um aumento de 1,5 por cento para a função pública e o congelamento das pensões superiores a 3.500 euros em 2006. No mesmo dia, era colocado em órbita o primeiro satélite experimental do sistema europeu de navegação Galileu, Giove A.

Em 2006, era aprovada a Estratégia Nacional de Desenvolvimento Sustentável e o Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território. O Governo limitava a 0,5 por cento a comissão máxima que os bancos podem cobrar aos clientes que amortizem total ou parcialmente os créditos à habitação ou pretendam transferi-los para outra instituição bancária. A CGD anunciava a aquisição de 10 por cento do capital da UPS Hospitales, o maior grupo hospitalar espanhol. O Prémio de Revelação da Associação Portuguesa de Escritores para a área da poesia em 2005 era atribuído a Paula Cristina Costa. O Prémio de Revelação 2005 na área de Ensaio Literário ia para um estudo de Jorge Costa Lopes sobre Virgílio Ferreira. O cineasta francês Luc Besson recebia o Selo de Ouro da Cinemateca sérvia pela sua contribuição para a Sétima Arte. Morria José Gomes Bandeira, 69 anos, jornalista.

Em 2007, Cerca de 500 pessoas desfilavam pelas ruas da Lourinhã em protesto contra o encerramento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) e contra "a falta de respostas concretas do Ministério da Saúde"

Em 2008, morria o músico jamaicano Vincent Ford, autor da letra "No woman no cry", na Jamaica aos 68 anos, na sequência de complicações associadas à diabetes informou a Fundação Bob Marley.

Em 2016, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgava o decreto do Governo que estabelecia o aumento do salário mínimo nacional para 557 euros, em 2017. Morria, com 97 anos, na Irlanda, país onde residia há várias décadas, Michel Déon, académico de língua francesa e um dos fundadores do movimento literário “Les Hussards”, oposto ao existencialismo. Morria, aos 91 anos, em Montevideu, Gregorio Álvarez, presidente e ditador do Uruguai entre 1981 e 1985.

 

Lusa/Fim.

 

 

 

 

 

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar