20-01-2021 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

Mais de uma centena de casos ativos na Misericórdia das Caldas da Rainha

O caso mais preocupante nas Caldas da Rainha é o surto detetado esta semana na Santa Casa da Misericórdia (SCMCR), onde, de acordo com informação do delegado de saúde, Jorge Nunes, existem 107 casos positivos, após a testagem realizada na segunda-feira.

Muitos utentes de lares têm morrido
Foram efetuados testes rápidos e entre os infetados contam-se 78 idosos e 25 funcionários, sendo os restantes quatro casos mais antigos, distribuídos também entre utentes e colaboradores.
Nesta quarta-feira será realizada uma vistoria com a autoridade de saúde, proteção civil e segurança social.
A provedora Maria da Conceição comunicou que “na sequência de um utente e um colaborador que testaram positivos, e tendo em conta o aumento de casos positivos no concelho, a SCMCR articulou com as entidades competentes para a realização de uma ação de testagem a todos os colaboradores e utentes do edifício sede da instituição”.
Foram realizados 94 testes a colaboradores e 99 testes a utentes. “Todos os utentes positivos encontram-se em isolamento e apresentam-se até ao momento assintomáticos”, revelou Maria da Conceição, adiantando que “os colaboradores das respostas seniores são todos testados mensalmente e têm vindo a apresentar resultados negativos”.
Na Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI) do Centro Social Paroquial de Santa Catarina existem 18 casos positivos (doze utentes e seis funcionários).
Nas Caldas da Rainha mantêm-se casos ativos em locais anteriormente noticiados, como no lar da Associação de Desenvolvimento Social da Freguesia de Alvorninha (45 casos positivos) e na Commodos - Residência Geriátrica, no Reguengo da Parada (50 positivos), segundo a autoridade de saúde. Contudo, o número está estabilizado, tal como no Condomínio Residencial Dom Dinis, na cidade, com 34 utentes positivos, dois dos quais internados. Este lar regista quatro falecimentos.
Treze das quinze mortes ocorridas no concelho de Óbidos associadas à Covid-19 estão relacionadas com o surto no Lar de Idosos Palácio D'El Rei, em Trás-do-Outeiro, indicou fonte municipal.
O surto foi identificado durante a época natalícia, afetando quase todos os idosos e funcionários. De acordo com a autoridade de saúde, o surto está em fase decrescente, mantendo-se 43 ativos, entre utentes e colaboradores.
Entretanto, a Santa Casa da Misericórdia da Vila de Óbidos revelou no passado domingo que estão infetados treze utentes e três funcionários da sua ERPI.
Na passada quarta-feira a ERPI tinha sido palco da administração da primeira dose da vacina contra a Covid-19 aos idosos e colaboradores.
Em Alcobaça foram identificados 55 casos positivos de Covid-19 na ERPI da Santa Casa da Misericórdia. 43 idosos estão em isolamento e segundo a mesa administrativa da Misericórdia, na maioria encontram-se assintomáticos ou com sintomas ligeiros. Doze colaboradores estão infetados.
No passado dia 11, devido ao crescimento do vírus no concelho, e por recomendação da Direção-Geral da Saúde e do presidente da Câmara, a Misericórdia de Alcobaça tinha cancelado as visitas em todas as suas respostas sociais (ERPI de Évora de Alcobaça, ERPI de Alcobaça e Residências Assistidas).
No Bombarral, o Hospital de Cuidados Continuados Casimiro da Silva Marques, da Santa Casa da Misericórdia, regista um surto de Covid-19, com 22 infetados (15 dos 48 utentes e 7 dos 60 funcionários) e uma morte.
Em Torres Vedras há um surto identificado na Casa de Repouso Enseada da Harmonia, em Casal Barreirinha, na freguesia de União das Freguesias de A-dos-Cunhados e Maceira. Apresenta um óbito e 40 casos ativos, dos quais 31 são utentes e nove são funcionários. Foram testados 33 utentes e 16 funcionários.
Está identificado um surto de Covid-19 no Lar de São José, na cidade, com 142 casos ativos e onde se verificaram seis mortes. No Lar de Nossa Senhora do Carmo, em Ordasqueira, existem 95 casos ativos, tendo havido dois óbitos. O Lar Vida Maior, em Maceira, regista um caso ativo de infeção e um morto.
Foi identificado um surto no Lar Barro Senior Residence, no Barro, na freguesia de Santa Maria, São Pedro e Matacães. Apresenta 50 casos ativos, dos quais 36 são utentes e 14 são funcionários. Foram testados 36 utentes e 29 funcionários.
Dos 23 óbitos registados em Arruda dos Vinhos, seis dos quais anunciados na passada segunda-feira, doze têm a ver com os surtos nos dois lares da Santa Casa da Misericórdia (quatro mortos no lar Alcambar e oito no lar da Cartaxaria), que estão ainda ativos, dois óbitos com o surto no lar Solar Villa d'Arruta e os restantes nove foram verificados na comunidade.
No lar da Cartaxaria existem ainda noventa infetados (58 utentes e 32 funcionários), mas o total chegou a atingir 102 (66 utentes e 36 funcionários)
Há três utentes positivos no lar de Alcambar (chegaram a ser 29). Entre os funcionários há dois com Codiv-19, depois de 23 terem recuperado.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar