28-07-2020 Imprimir PDF     Print    Print

Monitorização de tráfego pedonal e automóvel na vila já está a recolher dados

O sistema de contagem, em tempo real e de forma anónima, do número de pessoas e veículos que entram e saem do perímetro muralhado da vila de Óbidos, já está implementado e a recolher dados.

Equipa da MakeWise na entrada do castelo
Instalado à entrada da vila, é um projeto do Parque Tecnológico de Óbidos, com recursos de uma das suas empresas, a MakeWise, tendo sido solicitado pelo município de Óbidos no âmbito de um vasto conjunto de medidas de mitigação e combate à Covid-19 que a autarquia tem vindo a implementar.
O objetivo deste sistema é monitorizar e controlar o fluxo de pessoas na vila que, de acordo com um despacho emitido pela autarquia, limita a um máximo de 875, em simultâneo.
A monitorização funciona “com base em modelos de inteligência artificial para identificar pessoas e viaturas a partir de uma imagem”, explica Gonçalo Abreu, CEO da MakeWise. “O sensor de visão inteligente recolhe e analisa a informação, extrai os dados e descarta as imagens (garantindo a proteção de dados pessoais e sensíveis)”.
Os dados recolhidos, armazenados num sistema central e disponibilizados através de um dashboard analítico para consulta, vão produzir informação (estatísticas, relatórios, contadores) para apoio à tomada de decisão, servindo o município e as entidades por si designadas. Sempre que o número limite de ocupação de pessoas esteja prestes a ser atingido, a tecnologia dispara um alerta que é enviado às entidades com acesso à plataforma. Da mesma forma, também as informa quando a situação for dada como controlada.
O sistema agora implementado “é o resultado de cinco anos de trabalho e de experiência no desenvolvimento de soluções baseadas em visão e inteligência artificial”, aponta Gonçalo Abreu.
A MakeWise já implementou outras soluções em diferentes áreas. Por exemplo, nos transportes, procedeu à identificação de clientes com falta de pagamento em postos de combustível e clientes com necessidades especiais (como mobilidade reduzida).
Na venda a retalho idealizou uma solução para deteção de quebra iminente de stock de produtos em prateleiras de loja e chamada automática do próximo cliente em fila única quando uma caixa passa a estar disponível.
Na restauração, desenvolveu uma linha de caixa totalmente automática que calcula a conta a pagar com base na imagem dos alimentos.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar