10-05-2019 JL Imprimir PDF     Print    Print

Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré estranha silêncio sobre Zipline

O Movimento Cívico pela Defesa do Promontório da Nazaré estranha o silêncio à volta do projeto Zipline.

O porta-voz do movimento esteve na sessão da Assembleia Municipal da Nazaré (AMN) para saber do ponto de situação do processo de instalação do Zipline/Tirolesa no Promontório, mas não obteve quaisquer reacções ou respostas.
“Nos últimos meses estranhamos o silêncio do Executivo Municipal sobre o processo, uma vez que é pública e notória a publicidade de uma entidade, designada “Voa Nazaré” que, desde o dia 23 de janeiro, através do Facebook, quer fazer crer que a instalação do Zipline é um dado adquirido e irá ser uma realidade”.
De acordo com o Movimento, a empresa “Voa Nazaré” tem vindo a investir em publicidade “enganosa, contratada a uma empresa especializada em criar influência junto dos recetores, apresentando pseudo-sondagens que são elas próprias uma comédia, distribuem vídeos plenos de argumentos falsos sobre os benefícios do projecto e outras tantas falsidades sobre o que dizem ser os impactos positivos do mesmo”.
O Movimento estranha que a entidade saiba onde “iriam chegar os seus utilizadores, sobrevoando a praia, a marginal, a antiga lota e aterrar em cima do parque infantil, ali existente, em terrenos públicos, ao lado da Estátua à Mãe Nazarena”.
O Movimento promete manter a luta contra este equipamento que considera uma “ideia disparatada, só concebível pela ausência de bom senso, pelo desconhecimento da nossa identidade cultural, pelo desconhecimento da nossa paisagem natural, pelo desconhecimento do interesse científico do local, pelo deslumbramento de uma visão efémera, do marketing e das redes sociais”.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar