24-03-2020 JL Imprimir PDF     Print    Print

Nazaré foi convidada da Altice Labs para debate sobre tecnologia

A Altice Portugal convidou o Município da Nazaré para as celebrações do 4º Aniversário da Altice Labs, que decorreu em Aveiro.

Walter Chicharro foi o orador no Painel “Solar Keeper”, que contou com a participação dos promotores deste novo projeto de “saúde pública”, e o Presidente do IPMA.
Este novo produto tecnológico, ainda em desenvolvimento, surgiu “depois do conhecimento de dezenas de novos casos de cancro de pele em Portugal, todos os anos”. A Administração da explicou que pretende instalar em todo o país uma rede de 108 sensores de raios ultravioleta, cuja função é informar em tempo real os cidadãos sobre as condições climáticas e os perigos que corem com a continuação da exposição solar.
O projeto apresentado ao público em dia de aniversário assume a forma de prancha de surf e deverá ser instalado ao longo da costa para fornecer, em permanência, informações do índice UV; horário das marés; qualidade da água; qualidade do areal; qualidade do ar; nível de risco de incêndios; risco de calor alto/extremo e alerta de emergência (cuja função é alertar para o risco de situações extremas, como o risco de tsunami).
Miguel Miranda, responsável pelo IPMA, referiu que uma proposta que faça a “medição direta é muito importante” e será “complementar” à que o Instituto já produz, pois será um sistema baseado em “medição em tempo real” e não uma previsão de condições expectáveis face às condições registadas.
A Nazaré participou no debate enquanto parceira da Altice noutros projetos, como o da “Realidade Aumentada” instalada no Forte de São Miguel Arcanjo, com a qual se explica aos visitantes a história do monumento, mas também por ser um dos destinos tradicionais de férias de sol e praia e um dos locais onde as pessoas, nas suas atividades profissionais, estão várias horas expostas aos raios solares e UV.
A praia dispõe um sistema atualizado de informação aos banhistas e visitantes, que já lhe valeu o “prémio praia mais acessível do país”, mas mantém-se aberta “à inovação”, explicou Walter Chicharro.
“Precisamos de continuar a responder de forma eficaz à cada vez maior procura da Nazaré”, disse o Presidente de Câmara da Nazaré, justificando a sua afirmação com os dados dos Postos de Informação de Turismo que dão conta do aumento de nacionalidades visitantes (120 nacionalidades em 2019), por um lado, e por outro às informações científicas que falam de maiores riscos para a saúde humana da continuada exposição solar, mesmo com os cremes protetores ou outras medidas preventivas.
“A tecnologia qualifica o território e a sua oferta” e responde à estratégia do Município da Nazaré que tem vindo a qualificar o seu território através de várias medidas, como as requalificações de espaços públicos, do mobiliário urbano e de edifícios públicos.
De acordo com a promotora do novo projeto, os sensores farão a mediação das condições climáticas em tempo real e darão recomendações de renovação de protetores solares ou de saída da exposição solar nas horas de maior perigosidade através da emissão de sinais sonoros.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar