22-07-2014 Imprimir PDF     Print    Print

S. Martinho do Porto virou praia pimba?

Longe vai o tempo em que São Martinho do Porto era uma praia tranquila e sossegada… Não obstante os esforços desenvolvidos e os sinais bem visíveis de notórias melhorias, uma terra limpa e asseada, uma marginal ampla, agradável e com excelentes esplanadas, um areal cuidado e irrepreensível, fui desagradavelmente confrontado com um intermitente ruído oriundo de um palco implantado no Largo Engenheiro Ulrich, o qual, desde o dia 11 até dia 13 à noite, não deixou de ribombar uma música perfeitamente insuportável para qualquer veraneante que por ali estivesse em busca de paz e sossego.

Parece que o motivo de tal poluição sonora era festejar o aniversário da elevação a vila de tão simpática praia, todavia esta forma de o fazerem não me pareceu das mais elegantes, ou diria, que S. Martinho merecia melhor…
Aliado a este facto há ainda outro não menos incomodativo sonoramente falando, nas traseiras de um prédio, aparentemente desabitado, abandonado e em espera de licença para obras, ali bem perto, há constantemente uma música brasileira que não cessa de tocar, alto e bom som. Ao que me constou, este facto já existiu no ano passado e, pelos vistos, assim contínua, sem que ninguém de direito ponha cobro a um tipo de comportamento que não se adequa minimamente ao turismo que ali se pratica, nem ao estilo de pessoas que afluem à linda baía tão fotogenicamente fotografada, para atrair turistas estrangeiros e portugueses.
Volvido à minha santa terrinha paira-me uma triste dúvida: Será que S. Martinho do Porto vai perder o esplendor que lhe presidia desde há longas décadas e vai virar a Praia Pimba? Bom, o gérmen já lá está implementado, agora depende do destino que lhe derem os que presidem ao seu futuro…

António S. Esteves

Legenda: Palco implantado no Largo Engenheiro Ulrich
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar