31-07-2020 Francisco Gomes Imprimir PDF     Print    Print

Mulheres suspeitas de burla com venda de madeira

Duas mulheres, de 43 e 49 anos, foram constituídas arguidas pelos militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR das Caldas da Rainha, no passado dia 28, por suspeitas de terem vendido madeira que não lhes pertencia e que se encontrava no interior de uma propriedade.

A ação foi efetuada no seguimento de uma investigação relacionada pelo crime de burla qualificada, ocorrida em junho de 2018. Nessa data as suspeitas terão vendido madeira de corte, de uma propriedade pública, tendo efetuado uma burla no valor de 7474 euros.
O processo foi remetido ao Tribunal Judicial de Alcobaça.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar