27-07-2021 Imprimir PDF     Print    Print

Baleia com quase 20 metros e 39 toneladas dá à costa morta

Uma baleia comum com 18,80 metros de comprimento e que se estima pese perto de 39 toneladas apareceu morta na manhã da passada segunda-feira na Praia de São Romeu, um pesqueiro que não é utilizado por banhistas e que é constituído por pedras, em Salir do Porto, nas Caldas da Rainha, à entrada da baía de São Martinho, tendo sido rebocada para o porto de abrigo da Nazaré.

[+] Fotos
Arrojada junto à Praia de São Romeu, em Salir do Porto
O pescador Pedro Mendes ia para a faina quando por volta das sete e meia se deparou com a baleia junto às rochas. “Saí para o mar com a minha tripulação e avistámos a baleia rente às pedras. Aproximei-me e vi que que já estava morta. Telefonei logo à Polícia Marítima da Nazaré”, contou.
O comandante da Capitania do Porto da Nazaré, Zeferino Henriques, relatou que “decidimos trazer a baleia para o porto da Nazaré porque não existiam outras condições melhores para ser removida”.
“As condições meteorológicas eram favoráveis. Esperámos que a maré subisse e antes da praia-mar conseguimos removê-la e rebocá-la”, adiantou.
A operação, que envolveu cerca de uma dezena de pessoas, foi concretizada pelas três da tarde por uma lancha da Estação Salva-Vidas da Nazaré, acompanhada por uma lancha da Polícia Marítima. Os bombeiros de São Martinho do Porto prestaram apoio. A ação foi seguida por uma equipa do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos situado em Ílhavo, Aveiro. A chegada ao porto da Nazaré aconteceu após mais de três horas.
“O Município das Caldas está a encetar as diligências para que uma empresa especializada venha fazer a recolha”, disse o comandante da capitania. A Proteção Civil das Caldas da Rainha orientou a transferência da baleia para São João da Madeira para ser incinerada. 
O animal apresentava alguns ferimentos, mas desconhece-se as causas da morte do mamífero, do sexo masculino, que vão ser apuradas por duas biólogas do centro de reabilitação.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar