15-11-2017 Mariana Martinho Imprimir PDF     Print    Print

Orçamento Participativo 2019 conta já com três propostas

O Orçamento Participativo (OP) 2019 nas Caldas da Rainha já tem três propostas submetidas para análise técnica: a instalação de webcams na Foz do Arelho, um “cãovivio” na Mata Rainha D. Leonor e espaços verdes na freguesia de Santo Onofre.

A primeira sessão decorreu na Universidade Sénior
Estas propostas foram apresentadas e debatidas na passada quarta-feira, no fórum do OP, realizado na Universidade Sénior. Agora segue-se mais um fórum, no dia 22 de novembro, pelas 21h00, nas instalações da Junta de Freguesia de A-dos-Francos, para apresentação e debate de propostas dos munícipes.
No fórum de debate coletivo de propostas de utilidade pública a apresentar no OP de 2019, estiveram presentes apenas seis pessoas, incluindo a vereadora com o pelouro do OP, Maria João Domingos, e ainda a presidente do Conselho da Cidade, Ana Costa Leal. Cada elemento podia apresentar três propostas no limite, que foram discutidas e posteriormente aceites para análise técnica.
O primeiro projeto foi submetido por Teresa Serrenho, que considera que a instalação das webcams na praia da Foz do Arelho, bem como no observatório das aves e na lagoa, irão “facilitar a vida aos surfistas e pescadores”, de modo “a que estes saibam as condições meteorológicas atualizadas das praias”.
A segunda proposta foi de Emanuel Pontes, cuja ideia é implementar espaços verdes na freguesia de Santo Onofre, através de uma “interligação com a zona desportiva da freguesia”. Para o munícipe, “a freguesia carece de um espaço verde como por exemplo um jardim para lazer”.
A terceira ideia é a criação de um espaço para passear os cães na Mata Rainha D. Leonor ou no Parque Urbano "Abraço Verde". Esta ideia da caldense Maria Celeste Oliveira pretende terminar com os passeios dos animais na zona dos piqueniques no Parque D. Carlos I e levá-los a uma zona própria, onde os “donos estão à vontade para os passear”.
No total foram apresentadas dez propostas, ficando de fora a instalação de sensores de análise do ar para medir a qualidade do ar nas zonas de maior tráfego na cidade, a criação de um cartão de desconto dentro do comércio local, os espaços de lazer para jovens, entre outras. Além das propostas também as críticas fizeram-se ouvir, como a falta de divulgação dos fóruns do OP, que foi implementado pela Câmara das Caldas da Rainha em 2012.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar