04-09-2019 Marlene Sousa Imprimir PDF     Print    Print

Encontradas 7 caravelas-portuguesas na praia de São Martinho do Porto

A praia de São Martinho do Porto, foi no dia 27 de agosto à tarde interditada a banhos devido à presença de caravelas-portuguesas.

[+] Fotos
O comandante da Capitania do Porto da Nazaré, Paulo Jorge Agostinho esteve na praia durante as buscas

“Um senhor que se encontrava a banhos, teve contato com uma caravela e foi transportado para o Hospital das Caldas da Rainha com queimaduras”, disse, ao JORNAL DAS CALDAS, o comandante da Capitania do Porto da Nazaré, Paulo Jorge Agostinho.
“A vítima teve alta, depois de algumas horas, e na quarta-feira voltou à praia onde tinha algumas marcas e sentia um adormecer do braço e da mão”, relatou Paulo Jorge Agostinho.
Depois das buscas de 10 elementos da Polícia Marítima na Praia de S. Martinho do Porto, tanto por terra como por mar, foram retiradas da baía no dia 27, duas caravelas-portuguesas e no dia 28 cinco.
Na manhã de quinta-feira foram efetuadas mais buscas não sendo detetados quaisquer exemplares de caravela-portuguesa, tendo, por decisão do Capitão do Porto, e por prevenção, às 10h00 horas sido hasteada a bandeira amarela e indicado um reforço de atenção, por parte dos nadadores-salvadores, para em caso de algum avistamento, reportarem imediatamente.
Na sexta-feira já foi hasteada a bandeira verde.
Segundo o Capitão do Porto, as caravelas-portuguesas encontradas foram levadas para Lisboa para serem analisadas.
O aparecimento da espécie caravela-portuguesa, que era rara até há alguns anos, acentuou-se e tem-se registado em várias praias da área da Capitania do Porto da Nazaré, nomeadamente, nas praias de São Pedro de Moel (concelho da Marinha Grande) e Paredes da Vitória (Alcobaça).

Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar