22-09-2020 Imprimir PDF     Print    Print

Escola de Karting do Oeste garante pódio em Portimão

O Campeonato de Portugal de Karting 2020 prosseguiu, no passado fim de semana, com a realização da terceira jornada, no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão, com 67 pilotos, distribuídos por seis categorias.

Gustavo da Silva
A Escola de Karting do Oeste (EKO), com sede no Bombarral, em parceria com a Birel ART Portugal – garantiu no traçado algarvio a presença no pódio através de Gustavo da Silva na categoria Juvenil, a segunda mais concorrida do Campeonato de Portugal de Karting em 2020, tendo, contudo, o jovem piloto estado, praticamente até final, na luta pela vitória.
Precisamente nesta categoria, a EKO assegurou ainda as quarta e a sexta posições, por intermédio de Pedro Cachada e Santiago Alves, respetivamente, pelo que colocou três dos seus pilotos no top-6, mantendo-se, assim, na luta pelo título.
Romeu Mello – campeão nacional na Iniciação pela EKO em 2019 –, fez a sua segunda prova na categoria Juvenil. O jovem piloto, de apenas oito anos, ainda rodou dentro do top-10, mas acabou por ver a bandeira xadrez na 12.ª posição. Diogo Caetano também é um dos pilotos que corre na categoria Juvenil pela EKO, mas não pôde alinhar na prova algarvia devido a lesão.
A equipa viu Duarte Vaz terminar a Final da categoria Iniciação na sexta posição, classe na qual a EKO tem agora outro jovem piloto de apenas seis anos, nomeadamente Lourenço Antunes – filho de Gil Antunes, consagrado piloto de ralis –, que foi sétimo classificado.
Com um pelotão de 22 concorrentes, a categoria X30 Sénior, a classe-rainha do Karting em Portugal, voltou a ser uma das mais emocionantes de assistir. Santiago Ribeiro viria a ter um incidente que o projetou para fora da pista. Vendo-se obrigado a largar do 21.º e penúltimo lugar para a final, fez uma corrida de grande nível, com várias ultrapassagens que o levaram até ao 9.º lugar final.
Na categoria X30 Super Shifter, cujos karts estão equipados com caixa de velocidades, Ricardo Borges – campeão nacional na X30 Sénior em 2018 – é sempre um dos favoritos à vitória. Contudo, o piloto natural da Maia, que garantiu a pole-position e foi segundo classificado na pré-final, viria a ser forçado a abandonar na final, corrida em que rubricou a volta mais rápida, percorrendo os 1531 metros do traçado algarvio em 57,848s.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar