22-09-2020 Mariana Martinho Imprimir PDF     Print    Print

Finalistas da ESAD.CR apresentam trabalhos na exposição "O Papel do Engenho"

Foi inaugurada no passado sábado a exposição “O papel do Engenho”, que contém cerca de meia centena de trabalhos dos alunos que concluíram a licenciatura de Artes Plásticas da Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR), em 2020.

A exposição está patente até dia 14 de outubro
Esta mostra, que está dividida entre a ESAD. CR e o Centro de Artes, conta com “propostas muito diversificadas relacionadas com a pintura, o desenho, a escultura e o vídeo”.
Sob a orientação dos professores da disciplina de projeto final, as obras traduzem a pesquisa individual de cada aluno, sendo reveladoras das tendências atuais na prática da arte contemporânea ao nível da pintura, escultura, desenho, instalação, vídeo, livro de artista ou performance sonora.
“Vivendo um ano atípico, este grupo de alunos terminou o seu último semestre em casa, o que foi complexo para eles e de alguma maneira fez com que tivessem de ajustar os seus trabalhos, que estavam dependentes de um espaço físico da escola”, explicou a docente, Susana Gaudêncio, adiantando que foi “muito impressionante a forma como eles conseguiram de facto ultrapassar essa dificuldade de maneira super engenhosa, daí a ideia o nome da exposição O papel do Engenho”.
Esta mostra, que procura articular múltiplos processos construtivos, estéticos, e críticos, tantos quantos o seu número de participantes o permite, está dividida entre a escola e o Centro de Artes, sendo que “alguns dos trabalhos acabaram por integrar o núcleo expositivo dos espaços”.
Além da exposição, os alunos vão lançar no dia 14 de outubro, pelas 17h00, no Centro de Artes, “uma pequena publicação coletiva de artistas”.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar