09-07-2020 Paulo Alexandre Imprimir PDF     Print    Print

Residência artística e esculturas para jardim de Leiria têm assinatura de alcobacence Thierry Ferreira

Os jardins da Villa Portela, em Leiria, vão servir de residência artística a cinco escultores que irão desenvolver criar cinco obras originais em pedra para o jardim da Almuinha, naquela cidade.

20 toneladas de calcário da Serra de Aire, cedidos pela Filstone, uma empresa de Fátima, vão ser transformados em cinco obras de arte que vão decorar o jardim da Almuinha, criado em Leiria e inspirado no Maciço Calcário Estremenho.
Este projeto envolve Abílio Febra, Mário Lopes, Thierry Ferreira, Filipe Curado e Vítor Reis, que irão trabalhar 20 toneladas de calcário e dar forma a esculturas originais.
O escultor alcobacense, Thierry Ferreira, diz que se trata de uma oportunidade especial para mostrar a importância da arte na vida das pessoas e das povoações.
“A arte não serve para nada. Em tempos de crise, menos ainda. O facto de isto acontecer nesta altura, é sinal de que estamos vivos”.
A residência conta com alguns dos melhores escultores nacionais, com experiência internacional e prémios conquistados no estrangeiro, e servirá para mostrar, ao longo de duas semanas, o trabalho dos cinco artistas na Villa Portela, local onde o município de Leiria pretende criar um centro de artes.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar