13-07-2021 Rúben Alves Imprimir PDF     Print    Print

A pista de dança em tempos de pandemia

Com o avanço da pandemia, os espaços noturnos tiveram que se adaptar e implementar novas formas de conseguir estabilizar e faturar, para salvar o seu negócio e juntar os seus clientes de novo perto de si.

Rúben Alves
Apesar de ser em modo "after” ou “matiné/sunset", pois são os horários e sistema ainda permitidos pela DGS e governo, todos juntos a dançar ao som do groove da música e próximos uns dos outros, hoje em dia é impossível, face ao estado pandémico.
Como tal, agora a única forma permitida para "dançar" é junto à sua cadeira/mesa, com lugares marcados e com lotação do espaço/club restringido a mais de "metade" do número possível, tendo também o uso de máscara de ser obrigatório durante a permanência e movimentos dentro do espaço, podendo apenas retirar para o consumo de bebidas. No meu ver é um bom sinal para ajudar os espaços noturnos a aliviarem as contas.
Que em breve possamos estar todos juntos na verdadeira pista de dança, sem máscara.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar