28-07-2020 Imprimir PDF     Print    Print

18 anos de Mercado Medieval celebrados com várias iniciativas

Os 18 anos do Mercado Medieval têm sido festejados desde o dia 16 de julho, com alguns apontamentos pela vila de Óbidos e nas redes sociais que assinalam a ausência de realização do evento este ano, devido à pandemia.

Apesar de não haver Mercado Medieval, o castelo tem motivos de visita
Para além do Roteiro Medieval, composto por doze locais, devidamente decorados à época medieval - que foram já visitados por milhares de pessoas - têm sido realizadas evocações para relembrar que o Mercado Medieval estará novamente em força em Óbidos no próximo ano.
Destaca-se a presença de grupos de música medieval como os Goliardos e o Gaiteiro d’Óbidos, a promoção de um vídeo de homenagem a todos os que ao longo destes 18 anos colaboraram no evento, a realização de um webinar sobre a “Peste Negra em Portugal”, transmitido para todo o mundo, e a deambulação do Saltimbanco da Chanerca pelas ruas de Óbidos com uma rábula de alerta para as medidas a tomar nesta altura de pandemia.
Estes são alguns dos episódios que têm levado alguma emoção a Óbidos, sendo que está ainda patente também uma exposição militar e de ofícios civis, onde se pode encontrar armamento militar e armaduras desde o séc. XII ao séc. XV e uma Praça de Armas no Terreiro de Santiago, onde se pode treinar a perícia e mostrar a sua destreza e mestria no manejo do arco e da besta, da responsabilidade da Associação Armis Nostrum - Academia de Armas Históricas Europeias, que se dedica ao estudo, prática e divulgação da esgrima e arco histórico.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar