13-09-2016 Imprimir PDF     Print    Print

Comunicado da Comissão Cívica de Proteção das Linhas de Água e Ambiente

A Comissão Cívica de Proteção das Linhas de Água e Ambiente, vem desta forma tornar publico o seguinte comunicado: Desde 2010, que esta comissão e bem assim o Senhor Abílio Camacho, Presidente da Junta de Freguesia de Santo Onofre, têm vindo a público, através dos órgãos de comunicação social, demonstrar as suas preocupações, relativamente ao antigo estaleiro, conhecido pelo estaleiro do então empresário José Saraiva, sito na Rua dos Moinhos, Nadadouro, desta cidade.

Para além do atentado ao impacto ambiental que causava, com a existência de várias charcas em buracos de onde eram retiradas as areias e que se encontravam cheias de água das chuvas contaminadas pelo decorrer do tempo e por vezes, eram frequentados por jovens, que corriam riscos iminentes de um acidente, tendo mesmo chegado a ali ocorrer um acidente, acerca de 20 anos. Existe ali perto, uma linha de água que estava em perigo eminente, de contaminação e aniquilação, por lixos e entulhos.
Foram contactadas várias entidades diretamente responsáveis, que nada fizeram, ao ponto do senhor Presidente da Junta de Freguesia de Santo Onofre, se ter indignado com esta situação, sentir-se impotente e afirmar “não tenho poderes para fazer nada, apenas posso alertar as pessoas para esta situação”.
A nossa comissão, nunca desistiu e uma vez que as entidades responsáveis atiravam responsabilidades de umas para as outras, sem resultados á vista, decidiu, juntamente com alguns elementos do senhor Abílio Camacho, a quem foi solicitado consentimento para o efeito, dirigir-se em 1/7/2015, a todas as entidades responsáveis, ao mesmo tempo, uma vez que nenhuma assumia responsabilidades, para que fossem tomadas medidas, designadamente, Senhor Delegado de Saúde, senhor Presidente de Segurança Alimentar Economia, senhor Ministro de Ambiente, senhor Presidente da APA, Polo do Ambiente, senhor Presidente da Câmara e á ASAE.
Só assim, se apurou que a entidade responsável para o efeito, era a ASAE, que contactou a comissão, a informar o número do processo instaurado e bem assim dos procedimentos que iria ter.
Finalmente, decorrido um ano, o estaleiro supracitado, deixou de causar impacto ambiental tendo sido feita a remoção dos vários lixos, entulhos, sido tapadas as várias charcas e buracos e reposto como era desejável, um espaço sem que fosse um atentado para o impacto ambiental.
Com muita persistência e trabalho, a comissão e certamente o senhor Abílio Camacho Presidente da Junta de Santo Onofre, estamos satisfeitos pelo êxito alcançado, que com este final, nos estimula a todos a continuar a lutar, sempre por um ambiente melhor, para um melhor bem-estar de todos.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar