10-05-2018 JL Imprimir PDF     Print    Print

Conclusão do 3º núcleo do Museu (Vivo) do Peixe Seco

Câmara entrega chaves da zona de lavagem do peixe às utilizadoras

Está pronto para ser usado o espaço onde passará a ser feita a preparação do peixe que é colocado no estendal, frente ao Centro Cultural da Nazaré (antiga lota). As chaves das instalações para lavagem e preparação do peixe foram entregues pelo Presidente da Câmara, Walter Chicharro, às peixeiras que as utilizarão.
“Fecha-se o processo de construção do Museu do Peixe Seco, com a abertura oficial do 3º núcleo museológico, que é constituído pelo estendal e pelo Centro Interpretativo. O meu projeto político sempre se guiou por aliar a ancestralidade com a contemporaneidade da terra. No momento em que registamos o enorme sucesso turístico, por força da promoção que fazemos e da notoriedade das ondas, através da Praia do Norte, é fantástico disponibilizar um espaço para uma arte ancestral que tanto diz aos nazarenos, a seca do peixe”, declarou Walter Chicharro no ato de entrega dos acessos ao espaço.
Abrigado, inserido num espaço requalificado do edifício da antiga lota, está equipado com pias e baldes para a colocação dos restos de peixe, que serão recolhidos semanalmente por uma empresa de limpeza, o 3º núcleo do Museu (Vivo) do Peixe Seco fecha uma intervenção na preservação de uma tradição quase única no país. Quinze peixeiras irão utilizar aquelas instalações.
Representa um investimento superior a 100 mil euros por parte da Câmara da Nazaré.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar