14-05-2020 Paulo Alexandre Imprimir PDF     Print    Print

Elevação do Mosteiro de Coz a Monumento Nacional em fase de audiência prévia

A Direção-Geral do Património Cultural notificou a Câmara Municipal de Alcobaça sobre o início da fase de audiência prévia para a elevação do Mosteiro de Santa Maria de Coz e suas dependências a Monumento Nacional.

A reclassificação do Mosteiro de Coz resulta de “um trabalho moroso e árduo de décadas do qual o Município nunca desistiu para que se fizesse justiça a um dos mais belos patrimónios do concelho de Alcobaça. O Mosteiro de Coz é uma das marcas mais salientes do legado cisterciense no nosso território. Com a iminente conclusão deste processo, o Mosteiro de Coz passa a ser o 4º monumento nacional do concelho”, diz o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Inácio.
O processo de reclassificação de Santa Maria de Coz, para a categoria de Monumento Nacional, foi desenvolvido pelo Município ao longo de mais de uma década, com particular incidência nos últimos quatro anos. Com a Consulta Pública em curso, respeitante ao projeto de decisão relativo à ampliação da classificação e à reclassificação, a categoria de Monumento Nacional é cada vez mais uma realidade.
Paulatinamente, foi realizada a aquisição da antiga propriedade monástica, desenvolveu-se a primeira fase de recuperação e valorização do espaço, integrou-se Coz na Rota das Abadias Cisterciences e apoiaram-se dinâmicas culturais, em parceria com a Junta de Freguesia e os agentes da comunidade local. Assim o tem justificado o elevado valor artístico, científico e histórico, bem como o elevado potencial cultural e turístico do monumento.
Estas ações de envolvimento local foram particularmente sublinhadas pela Secção do Património Arquitetónico e Arqueológico do Conselho Nacional de Cultura, contribuindo para um parecer favorável desta, relativamente ao processo de reclassificação para a categoria de Monumento Nacional encetado pelo Município de Alcobaça.
Findo e levado a bom porto o processo, a Igreja de Santa Maria de Coz passará a ser o quarto Monumento Nacional do Concelho de Alcobaça e incluirá a parte ainda existente do dormitório e as restantes dependências do mosteiro. Os múltiplos esforços desenvolvidos em Coz confluem, assim, para um futuro que, conjuntamente com esta classificação, trarão novas oportunidades de valorização do património cisterciense, bem como da comunidade local e concelhia, naquilo que são os seus traços identitários mais fortes: espiritualidade e ruralidade.
Fundado em 1279, de acordo com alguns historiadores, o Mosteiro de Santa Maria de Coz tornou¬-se, no século XVI, um dos mais ricos mosteiros femininos da Ordem de Cister em Portugal. A Igreja e a Sacristia, com os seus anexos e alguns vestígios do dormitório e do celeiro, con¬gregam ainda hoje um notável conjunto de criações artísticas testemunhando, no seu esplendor artístico barroco, a riqueza da comunidade e a sua grandeza.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar