03-01-2020 Imprimir PDF     Print    Print

Isabel Alves Pinto é candidata à liderança do PS caldense

A jurista Isabel Alves Pinto é candidata à liderança da Concelhia do Partido Socialista das Caldas da Rainha, tendo apresentado um manifesto para o novo ano.

A jurista apresentou a sua candidatura à presidência do PS/Caldas

“Desejo que 2020 seja um ano de liberdade para todos os socialistas caldenses, sem muros dentro da concelhia, e, desta, para com a comunidade onde se insere, de proximidade para com os concelhos vizinhos e para com a capital distrital, com a sede de portas abertas, aos militantes, simpatizantes, e a todos que nos quiserem visitar”, expressa.

Espera que este ano “a liberdade de expressão, de pensamento e de opinião, seja encarada como um direito, e valorizada como contributo para o desenvolvimento do concelho e de todos os seus habitantes”.

Afirma pretender “a união de todos os socialistas, com respeito, promoção e exaltação das diferenças, da diversidade e do pluralismo, como fatores de crescimento global” e o “retorno aos tempos de convívio e da criação de laços de afeto entre os socialistas”.

Tem com metas em 2020 “fazer regressar, à concelhia, todos os que se afastaram - ou foram afastados -, ao mesmo tempo que conquistamos e mantemos novos militantes”.

No novo ano é também ensejo “que os atos eleitorais sejam encarados como exercício da democracia e do estado de direito, e não como uma afronta aos poderes instalados”.

A candidata quer que o PS tenha “uma forte palavra a dizer no rumo a seguir por este riquíssimo concelho, constituído por caraterísticas físicas, culturais e históricas únicas” e possa “melhorar a vida da comunidade e de todos os seus membros, e não para a realização de interesses pessoais de um pequeno grupo”.

Para tal é preciso “começarmos a pensar nas eleições autárquicas com vontade de vencer, e como uma forma de intervir, positivamente, na vida do concelho”.

Isabel Alves Pinto, que nas eleições autárquicas de 2017 fez parte da lista do PS à freguesia de Caldas da Rainha – Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, defende que os candidatos às próximas eleições autárquicas (câmara municipal, assembleia municipal e freguesias) sejam escolhidos internamente através do voto, “numa manifestação clara do direito democrático de todos elegerem e serem eleitos”. 

“Trabalhar em parceria com todas as instituições locais e nacionais, e seus representantes, no sentido de que a comunidade em geral note a presença do Partido Socialista como uma força política dinâmica e inovadora, capaz de marcar o presente e de traçar um futuro próspero para todos”, são outros objetivos da candidata.

Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar