24-01-2019 Cultura, Sociedade, Política, Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

BREVES: País - 2.ª edição

Lisboa, 24 jan (Lusa) - Notícias breves do País (2.ª edição):

 

LISBOA: Metro assinala 71 anos da sua fundação com homenagem aos trabalhadores

 

O Metropolitano de Lisboa decidiu assinalar o 71.º aniversário da sua fundação, no próximo sábado, com uma homenagem aos trabalhadores e animação aos clientes.

Em comunicado, a empresa refere que o metro vai homenagear os trabalhadores que em 2018 perfizeram 10, 20, 30 e 40 anos ao serviço da empresa “testemunhando o reconhecimento pelo desempenho das suas funções”, cerimónia que será presidida pelo secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes.

Ainda no sábado, os utentes que passarem pelas estações de São Sebastião, Cais do Sodré e Alto dos Moinhos vão poder assistir a concertos de música com a T’ÚNICA - Universidade Intergeracional do Concelho de Almada, o Coro da Casa de Pessoal do IEFP, a Banda de Música dos Empregados da Carris e os alunos da Casa Pia de Lisboa.

 

 

ÓBIDOS: Identificado suspeito de roubo em residência

 

Um homem de 24 anos foi identificado por suspeita de roubo em residência, no concelho de Óbidos, informou hoje a GNR.

No âmbito de uma investigação por roubo em interior de residência, ocorrido em junho de 2018, “de onde foi subtraído um televisor e arrancados uns brincos com violência física, a uma idosa de 80 anos, os militares encetaram diligências que culminaram na identificação do suspeito”, divulgou a GNR em comunicado.

O suspeito, com antecedentes criminais por furto e roubo, foi identificado na quarta-feira pelo Núcleo de Investigação Criminal de Caldas da Rainha, tendo sido constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência (TIR).

 

 

SANTA CRUZ DA GRACIOSA: Ilha Graciosa acolhe Festival do Alho

 

A ilha Graciosa acolhe entre sexta-feira e 02 de fevereiro o 1.º Festival do Alho da Graciosa, com conferências, 'workshops', degustação e visita a terrenos agrícolas, tudo em torno de um dos produtos que dá fama à ilha açoriana.

Em nota hoje enviada, a Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, que promove o evento em conjunto com o Núcleo Empresarial da Graciosa, realça que, além da parte gastronómica, o evento inclui "uma conferência, 'showcooking', atividades com crianças, exposições, visitas guiadas aos campos agrícolas da Graciosa e um fórum de produtores de alho da Graciosa".

 

 

PONTA DO SOL: PSP deteve homem por posse ilegal de arma de fogo

 

Um homem com 52 anos foi detido na Madeira pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, informou hoje o comando regional da Polícia de Segurança Pública (PSP).

De acordo com uma nota policial, a operação foi desenvolvida pela divisão de Câmara de Lobos, concelho a oeste do Funchal, no âmbito do cumprimento de um mandado judicial de busca domiciliária na área da Ponta do Sol.

Nesta iniciativa foi apreendida uma arma de fogo e duas munições de calibre 6,35 mm, 795 gramas de um produto supostamente estupefaciente e diversos utensílios que indiciam a prática de um crime de tráfico de droga.

Depois de ouvidos pelas autoridades judiciárias do Tribunal da Comarca da Ponta do Sol, o homem ficou sujeito a termo de identidade e residência.

 

 

FUNCHAL: PSD desiludido com posição da ministra do Mar sobre ferry

 

Os deputados do PSD na Assembleia da Madeira mostraram-se hoje desiludidos com as declarações que a ministra do Mar deu há duas semanas sobre ferry de ligação entre a região e o continente.

Em conferência de imprensa, junto ao Palácio de São Lourenço, no Funchal, a residência oficial do representante da República, o deputado social-democrata madeirense Eduardo Jesus considerou que a governante criou “expectativas” sobre o envolvimento da República nesta situação.

Contudo, “bastou regressar a Lisboa para rebobinar a cassete”, fazendo com que “o que disse na Madeira já não fosse verdade no continente”.

“Isso é uma profunda desilusão porque é sistemática esta política do Governo da República, e do PS em particular, de prometer o envolvimento na resolução dos problemas da Madeira e no fundo nunca concluir essa mesma intenção", disse.

Eduardo Jesus espera que a vinda do primeiro-ministro à Madeira no próximo sábado sirva para "repor esta injustiça, que tem sido a prática do Governo Socialista da geringonça relativamente à Madeira e que, efetivamente, anuncie o que é que a República, e o país, vai fazer relativamente ao 'ferry'”.

 

AMB/RCP/PPF/DYA // MCL

Lusa/fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar