27-07-2018 Cultura, Lusa, Óbidos Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Semana Internacional de Piano de Óbidos leva recitais a concelhos vizinhos

Óbidos, Leiria, 27 jul (Lusa) – Recitais, palestras e aulas com professores internacionais marcam a XXIII edição da Semana Internacional de Piano de Óbidos que, na segunda-feira na vila e até 11 de agosto, estende a programação aos concelhos vizinhos.

Ao Quarteto de Matosinhos cabe, na segunda-feira, o concerto inaugural da Semana Internacional de Piano de Óbidos (SIPO), iniciativa que desde 1996 leva à vila medieval “grandes personalidades do mundo da música e jovens estudantes vindos do mundo inteiro” visando, segundo a organização, “o aperfeiçoamento dos conhecimentos musicais de todos os participantes”.

Durante dez dias a música de piano enche por completo o burgo medieval de Óbidos, com ‘masterclasses’ a decorrerem durante o dia em vários locais e as noites a serem marcadas por concertos com pianistas nacionais e internacionais.

Entre os portugueses, destaque para os recitais de Manuela Gouveia (dia 31), Artur Pizarro (05 de agosto) e Olga Prats, que a 09 de agosto assinala com um recital os 60 anos de carreira musical.

No que toca a prestações de pianistas de outros países a SIPO conta nesta edição com a presença dos russos Boris Berman (01 de agosto) e Iura Margulis (08 de agosto) e do espanhol Josep Colom (02 de agosto).

O programa integra ainda dois recitais com os laureados da edição 2017, a audição dos participantes deste ano para o prémio Antena 2 e uma palestra de João Almeida sobre “Caminhos para um músico ter sucesso”.

Numa tentativa de descentralização do evento o recital de Olga Prats e um dos recitais dos laureados de 2017 vão realizar-se, respetivamente, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha e no Teatro Brasão, no Bombarral.

Os bilhetes para os concertos estão fixados em 18 euros, mas os interessados podem também em alternativa adquirir um passe para todos os espetáculos, com um custo de 125 euros.

A SIPO é organizada pela Associação de Cursos Internacionais de Música (ACIM), com o apoio financeiro da Câmara Municipal de Óbidos.

Em 2004, foi entregue pela primeira vez na história da SIPO, o Prémio Maria de Lurdes Avellar, instituído pela família Avellar, residente em Óbidos.

Desde 2011 é atribuído pela RDP/Antena 2, o Prémio Antena 2 na forma de um concerto gravado em direto na série “Concertos abertos” da Antena 2, em Lisboa, e mais dois concertos em diferentes locais.

Este prémio é atribuído pelo público e pelos professores da SIPO aos estudantes que mais se destacam nos concertos dos participantes das master classes.

Desde 2017 foi instituído o Prémio ACIM, no valor de 500 euros, para a melhor interpretação de uma obra de autor português.

Desde o ano de 2000, a ACIM organiza regularmente no pavilhão da Casa da Barbacam exposições de artes plásticas integradas no programa da Semana Internacional de Piano de Óbidos numa junção de várias expressões artísticas, divulgando ao mesmo tempo obras de artistas pouco conhecidos em Portugal.

Nesta edição a escolha recaiu sobre a mostra de pintura “Sem fonia, à procura da harmonia”, da autoria de António Canavarro, patente na Casa da Barbacam, em Óbidos, desde o passado dia 25.

 

DYA // TDI

Lusa/Fim

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar