04-07-2018 Marlene Sousa Imprimir PDF     Print    Print

Foz do Arelho

Praias do mar e da lagoa com reforço de vigilância por moto 4

As praias do mar e da lagoa, na Foz do Arelho, vão este verão contar com um reforço de vigilância durante a época balnear, com existência de uma moto 4, com um nadador-salvador que vai percorrer os cerca de 2000 metros de areal para reduzir os afogamentos. Além dos oito nadadores salvadores, o plano integrado de vigilância para dar mais assistência aos banhistas prevê ainda quatro postos de praia nas zonas mais problemáticas identificadas como perigosas, com uma bóia para se poder lançar a alguma pessoa que possa estar em socorro, até chegar ajuda.

[+] Fotos
Foram hasteadas as bandeiras azuis na praia do mar e na praia da lagoa
Durante o hastear da bandeira azul, na passada quinta-feira, a Câmara das Caldas da Rainha e a autoridade marítima apresentaram o plano integrado de vigilância e salvamento nas praias do mar e da lagoa para este verão, com meios reforçados para reduzir os acidentes e afogamentos.
O plano prevê a existência de uma moto 4, com um nadador-salvador que vai percorrer o extenso areal de cerca de 2000 metros, permitindo “fortalecer as zonas concessionadas e também toda a parte que não é concessionada”.
Durante esta época balnear, que termina a 15 de Setembro, estarão três nadadores salvadores na praia da lagoa, quatro na praia do mar e mais um elemento que vai andar na mota 4.
“Na prática a mota permite uma deslocação muito mais rápida entre as zonas balneares do mar e da lagoa e que o nadador salvador não esteja exausto dos 200 ou 300 metros que teria que ter corrido até chegar ao local para fazer o salvamento”, explicou o capitão do Porto de Peniche, Serrano Augusto.
O veículo serve também para transportar uma pessoa de um local de mais difícil acesso de uma forma mais célere.
Segundo Serrano Augusto, a mota já está na Foz do Arelho e entrará em funcionamento no decorrer desta semana, depois da sua homologação.
“A existência da moto 4 é uma parceria entre a Câmara das Caldas, os concessionários da praia e a Oeste Rescue - Associação de Nadadores Salvadores, que fornece o dispositivo de salvamento na parte humana”, disse o capitão do Porto de Peniche, acrescentando que “esta cooperação permite uma mobilidade muito maior no salvamento fora das zonas concessionadas e que estão sob a égide de um posto de praia e dois nadadores salvadores”.
Têm existido na lagoa avisos da proibição de nadar na zona do cais e das estacas em que há um fundão de cerca de oito metros. “Esses fundos nas marés vivas e em picos de marés traduz-se em correntes muito significativas e podem puxar as pessoas”, alertou Serrano Augusto.
No âmbito do plano, a moto 4 passa a coordenar o trabalho dos nadadores-salvadores e a pedir o reforço de outros meios em conjunto com autoridade marítima, a proteção civil municipal e os bombeiros.
Para além da moto 4 temos, existem nesta época balnear dois postos de praia na parte do mar e dois postos de praia na parte da lagoa. São, segundo Serrano Augusto, meios de “salvamento que vão estar posicionados e alocados no âmbito deste projeto que ficam nas zonas mais problemáticas, nomeadamente a zona das estacas, que permite ter uma bóia a lançar a alguma pessoa que possa estar em socorro até chegarem efetivamente os nadadores salvadores”.
A vereadora da Câmara das Caldas, Maria João Domingos, explicou que a moto 4 é da Oeste Rescue, que pediu um subsídio à autarquia no valor de 50% para a sua aquisição, e 15% é suportado pela empresa Transwhite e 35% pela Associação de Nadadores.
“A associação garantirá o nadador salvador e o normal funcionamento e manutenção do veículo”, sublinhou, adiantando que é uma parceria que “permitirá garantir o socorro e alargar esta possibilidade de salvamento a outras zonas que não as balneares”.
Quanto aos postos de praia colocados pela primeira vez nas zonas mais perigosas, a autarca acrescentou que além da bóia terão “o contato do nadador salvador e qualquer cidadão na sua ação de cidadania poderá auxiliar alguém que está em perigo de se afogar”.

Hasteada
bandeira azul

O dia 28 de junho foi o escolhido para hastear as bandeiras azuis na Foz do Arelho, na praia do mar e na praia da lagoa.
A praia da lagoa é galardoada desde 2012 e a praia do mar desde 1999. A vistoria decorreu da parte da tarde e como o conjunto de critérios de gestão ambiental, educação ambiental, informação, qualidade da água balnear, serviços e segurança dos utentes estava em ordem, as praias receberam as bandeiras Azul, Acessível e Qualidade de Ouro. 
As praias possuem também o galardão da acessibilidade, o que significa que proporcionam condições de acesso à praia às pessoas com mobilidade condicionada através de normas técnicas para o estacionamento, instalações sanitárias e rampas de acesso às praias, mobilidade no areal e na água através da existência de veículos próprios.
A praia do mar tem ainda hasteada a bandeira de ouro, que resulta do cumprimento de critérios de ordem ambiental definidos pela Quercus.
“Pretendemos melhorar a cada ano que passa, de modo a ter uma praia mais sustentável e acessível a todos”, acrescentou a vereadora, realçando também a grande aposta que tem vindo a ser feita na área da animação, no sentido de afirmar a praia como um destino atrativo.
Tags:

 
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar