15-12-2016 Sociedade, Lusa Lusa / Notícias Imprimir PDF     Print    Print

Projeto de reabilitação de casas de carenciados vence Prémio de Voluntariado Universitário

Lisboa, 15 dez (Lusa) – Um projeto de voluntariado para reabilitar casas de famílias ou pessoas carenciadas, do Instituto Superior Técnico e da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa, foi hoje distinguido com o Prémio de Voluntariado Universitário, anunciou a organização.

O prémio foi lançado em novembro pelo programa Santander Universidades, do Banco Santander Totta, para recompensar o esforço dos estudantes universitários envolvidos em ações de voluntariado, distinguindo os três melhores projetos com prémios de 5.000 euros (1.º lugar), 3.000 euros (2.º) e 2.000 euros (3.º).

O primeiro prémio foi atribuído ao projeto “Just a Change”, que mobiliza voluntários universitários e tem como objetivo “melhorar as condições de habitabilidade das casas de famílias e indivíduos carenciados, combatendo a pobreza habitacional e devolvendo-lhes dignidade”.

“Desde casas de banho, telhados, paredes, tetos, alterações estruturais, infraestruturais e estéticas, o projeto mobiliza todos os recursos necessários à execução de uma obra de reabilitação”, adiantam os promotores do projeto, que acreditam que “reabilitar uma casa é reconstruir uma vida”.

Esta ação é promovida ao longo do ano em Lisboa e em zonas rurais (Ferreira do Zêzere, Óbidos e Sever do Vouga) em campos de verão, num total de 90 beneficiários.

Segundo o Banco Santander Totta, concorreram ao prémio 56 projetos, tendo sido selecionados dez, que foram hoje conhecidos numa cerimónia, em Lisboa, em que foram distinguidos três vencedores.

O segundo lugar foi atribuído a um projeto social de combate às causas do insucesso escolar de jovens socialmente desprotegidos, denominado “Spot”, do Instituto Superior Técnico e Universidade Nova de Lisboa.

Este projeto envolve 100 jovens de bairros sociais problemáticos de Lisboa (Bairro Padre Cruz, 6 de maio, Ameixoeira e Boavista).

“VO.U. Pirueta”, da Universidade do Porto, é o nome do projeto distinguido com o terceiro lugar da primeira edição do Prémio de Voluntariado Universitário.

Promover a dança junto de crianças e idosos de contextos socioeconómicos desfavorecidos, transmitindo conceitos como a disciplina, autoestima e respeito, é o objetivo deste projeto, que envolve 100 beneficiários.

Foi ainda atribuída uma menção honrosa ao projeto SOS Estudante, uma linha de apoio emocional e prevenção do suicídio e espaço de reflexão, da Associação Académica da Universidade de Coimbra, informa a instituição em comunicado.

O Prémio de Voluntariado Universitário visa “incentivar a prática de uma cidadania ativa através do voluntariado e recompensar o esforço dos jovens mais envolvidos”, mas também contribuir para “uma sociedade mais justa e equitativa” através da sensibilização e divulgação do voluntariado junto da comunidade do ensino superior.

 

HN // SO

Lusa/fim

 

 

Fonte: VIP - Oeste Global - Jornal Oeste Online / Lusa - © Direitos Reservados (conteúdo exclusivo protegido por contrato)
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar login, ou registar-se, para poder comentar este conteúdo.
pub
Classificados LUCKY PANDA.BIZ
Opinião
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar